Programa De Olho na Cidade

13/10/2020 - 15:53

Apoio de parceiro é fundamental na recuperação da autoimagem de mulheres com câncer

Outubro Rosa
Apoio de parceiro é fundamental na recuperação da autoimagem de mulheres com câncer
Foto: Arquivo Pessoal

Algumas mudanças físicas, especialmente após a cirurgia, podem deixar as mulheres, acometidas com o câncer de mama, menos confortáveis ​​com sua autoimagem. Além disso, alguns tratamentos, como a quimioterapia e a hormonioterapia, podem alterar seus níveis hormonais, afetando assim seu interesse sexual.

A Organização Mundial da Saúde reconhece o impacto da vida sexual no bem-estar das pacientes com câncer e na preservação de seus relacionamentos. Criou-se, inclusive, um termo para isso: oncosexualidade.

Estudos apontam que entre 35 e 50% das sobreviventes de um câncer sofrem com alguma disfunção sexual. A falta de desejo, por exemplo, pode ser efeito colateral da quimioterapia, assim como queda de cabelo, alteração de humor, secura vaginal e ondas de calor.

Além disso, a mama é um símbolo da sexualidade feminina, como conta a Dra. Renata Soraia, em entrevista ao Portal De Olho na Cidade.

“As mamas tem um papel muito importante na sexualidade feminina. Uma vez acometida pelo câncer, a mulher vai sentir o impacto na sua autoestima, e vai se sentir não completa na sua sexualidade. E para reverter isso, essa mulher precisa de apoio dos seus familiares, de profissionais de saúde, e principalmente do seu parceiro (a).”

Comentários

Leia também