Programa De Olho na Cidade

19/09/2020 - 09:47

Programas especiais resgataram a história de 187 anos de Feira de Santana

Feira e sua História
Programas especiais resgataram a história de 187 anos de Feira de Santana

Em celebração aos 187 anos de emancipação política de Feira de Santana, os programas Jornal do Meio Dia, da Princesa FM e De Olho na Cidade, da Sociedade News FM, realizaram no amplo espaço cultural da Fundação Santo Antônio, duas edições especiais, com debates entre personalidades feirenses, historiadores e empresários que contribuem para o desenvolvimento do nosso município.

No Jornal do Meio Dia, estiveram presentes os empresários Jucelino Brito, diretor das farmácias Brito, Eduardo Borges, do Laboratório Análise, a gerente de Gente, Cultura e Engajamento da empresa Belgo Bekaert, Ana Paula Silva, o professor, graduado em História pela UEFS, Valter Zaqueu Santos da Silva e o cantor Roberto Kuelho.

 

Brito, como é conhecido, e Eduardo Borges, falaram sobre a economia pujante do nosso município, principalmente sobre as dificuldades enfrentadas pela categoria em momentos difíceis como o da covid-19, além disso, das diversas vagas de empregos diretos e indiretos que foram gerados para a nossa população. Feira possui um dos principais e mais importantes centros comerciais do Brasil, o que atrai e movimenta grande parte do setor econômico da cidade.

O professor Valter Zaqueu, dentre as grandes histórias da nossa Princesa do Sertão, falou também sobre a história do hino à Feira, escrito por Georgina Erisman, dentre os anos de 1928 a 1930. Já o cantor Roberto Kuelho, trouxe toda a mistura musical enraizada em nossa cidade, com canções de sua autoria, como o lançamento “Modo Avion Remix”, e o sucesso “Pitanga”, que foi gravada com a participação de Ninha, ex-Timbalada. O cantor ainda relembrou as Micaretas passadas e a grandiosidade da festa, na qual participou por diversos anos ainda sob o comando da irreverente “Xêro Mole”.

Já o De Olho na Cidade foi ainda mais fundo no resgate da nossa história. Participaram do programa, o professor Robson Silva, fundador do site Feira Relíquia e o Dr. João Batista, que debateram sobre o surgimento de Feira de Santana, desde a Fazenda Olhos D’água, com detalhes minuciosos de como era a terra, de como foi adquirido o terreno, até a construção do Casarão Olhos D’Água, tida como uma das principais e mais importantes referências do nascimento da nossa cidade.

Por telefone, ouvimos o Dr. Silvio Marques, diretor, fundador e presidente do Hospital Emec, em Feira de Santana, tido como o primeiro hospital particular inaugurado na cidade. O médico destacou os principais desafios para conseguir consolidar o equipamento e tornar-se uma das mais importantes marcas do município. E como não poderia faltar, a música ficou por conta de Cesinha dos Olhos D’Água, Dionorina e Arquimedes Nascimento.

 

Com o seu inseparável pandeiro, Cesinha resgatou um pouco da nossa tradição musical, com músicas de autoria e qualidade impecável, e ainda debateu sobre a importância da cultura feirense com Dionorina, personalidade que acabou ganhando renome internacional e até hoje é lembrado fora do país, levando o nome de Feira de Santana para os quatro cantos do mundo.

E na próxima segunda-feira, 21, acontece o grande encerramento do projeto “Feira de Santana e Sua História”, onde convidados especiais, como autoridades e personalidades participarão e debaterão os desafios de Feira de Santana. O programa será transmitido de forma simultânea, a partir do meio dia nas rádios Princesa FM e Sociedade News FM, sob o comando de Jorge Biancchi e Valdeir Uchoa.

Comentários

Leia também