Programa De Olho na Cidade

01/08/2020 - 07:57

Em entrevista para Feira, Lula desafia Moro e Bolsonaro e ganha destaque nacional

Lula afirmou que o PT ainda não tem um nome definido para a disputa em 2022, mas não descartou a sua candidatura nem a de Haddad e incluiu o nome de Rui Costa, como um possível concorrente ao pleito
Política
Em entrevista para Feira, Lula desafia Moro e Bolsonaro e ganha destaque nacional

Sérgio Di Salles

Em quase 1h20 de entrevista, que foi concedida com exclusividade para Feira de Santana, nos programas Jornal do Meio Dia, da Princesa FM, comandado por Jorge Biancchi e Valdeir Uchoa e Linha Direta com o Povo, da Sociedade News FM, com Fernando Moreira, o ex-presidente Lula mostrou-se destemido, quando demonstrou um desejo de disputar uma eleição com o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, desafiou o presidente Jair Bolsonaro e até a oposição, que governou a Bahia por um longo período, chamando assim a atenção da mídia nacional,a exemplo do portal UOL, que repercutiu os principais trechos do debate.

Com quase 150 mil visualizações, a entrevista foi marcada pela crítica ferrenha de Lula aos seus principais adversários políticos. Sobre 2022, o ex-presidente disse que não sabe se será candidato, e que até lá, já terá 77 anos de idade, mas preferiu deixar a escolha por conta do PT, não tirando a possibilidade de se repetir a candidatura de Fernando Haddad ou de lançar o atual governador da Bahia, Rui Costa.

"Se quiserem lançar o Moro, que lancem; eu não estou preocupado. O Bolsonaro é que deve estar. Eu até gostaria de disputar com o Moro. Ter um debate eleitoral cara a cara para chamá-lo de mentiroso na TV sem a proteção da toga. Ele está fazendo tipo. Fez no meu processo, sabe que ele mentiu e fez parte desse jogo sujo sujando a história do judiciário brasileiro", disse Lula.

Ainda falando sobre 2022, o ex-presidente deixou escapar o nome do governador Rui Costa, como um possível candidato à presidência da República. Elogios não faltaram ao gestor, que segundo ele, é “cria de Wagner”. "O Rui não é apenas governador da Bahia. É um grande governador da Bahia. O cidadão que é governador, faz a administração que está fazendo, tem tudo para ser candidato para presidente. Ele tem muita força e muita respeitabilidade”, concluiu.

Comentários

Leia também