Programa De Olho na Cidade

21/05/2020 - 15:30

Congresso acumula 32 pedidos de impeachment contra Bolsonaro

Política
Congresso acumula 32 pedidos de impeachment contra Bolsonaro

Pelo menos 32 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se acumulam na mesa do presidente da Câmara dos Deputador, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Fora isso, ao menos mais sete pedidos de comissões parlamentares de inquérito estão na fila para serem criadas.

Um dos pedidos de CPI mais avançados foi feito pelo Cidadania. O foco da investigação são as acusações, feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro, onde o acusa de tentar interferir na Polícia Federal do Rio de Janeiro para proteger aliados.

De acordo com a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), quase todas as assinaturas necessárias já foram colhidas. Para ser criada, é preciso o apoio de 27 parlamentares. Já na Câmara, onde é preciso 171 assinaturas para validar o processo, o deputado e líder do partido, Arnaldo Jardim, afirma que não há contraposição entre a investigação parlamentar e a que é conduzida pela Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o caso.

A expectativa é que a abertura de uma comissão sobre as acusações de Moro tenha potencial para ser tão ou mais explosiva do que a CPI dos Correios em 2005, onde foi apurada denúncias relacionadas ao processo do mensalão, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Por causa disso, o governo tem atuado para conter o avanço das assinaturas e evitar que uma investigação neste momento pode se tornar uma “CPI do fim do mundo”, fragilizando ainda mais o presidente.

Caso seja realmente criada uma comissão, o colegiado poderá solicitar depoimentos e ter acesso a diversos documentos do governo federal que uma comissão normal da Câmara ou do Senado não teria.

Comentários

Leia também