Programa De Olho na Cidade

31/03/2020 - 10:00

Coordenadora do Santo Antônio fala sobre desafios e conquistas das mulheres no século XXI

Março Mulher
Coordenadora do Santo Antônio fala sobre desafios e conquistas das mulheres no século XXI

Na nossa série de entrevistas do Março Mulher, falamos sobre as conquistas destas guerreiras no século XXI, e quem participou deste bate papo foi a Coordenadora do Colégio Santo Antônio, Ana Cláudia Bastos, que inicialmente falou sobre os desafios enfrentados.

 

“Ao longo da história do Brasil, nós mulheres sempre buscamos, lutamos para nos estabelecer. A gente vem conquistando muita coisa sim, ocupando o nosso espaço, mas ainda temos um grande desafio, o desafio da violência doméstica, o feminicídio, é algo que nos preocupa é algo que precisamos ainda lutar bastante para reverter.”, disse Ana. 

 

Segundo ela. a maior conquista já alcançada no universo feminino é o direito de lutar, independente do que elas já conquistaram ou não.

 

“Quando a gente passeia um pouco pela história da mulher, pela história do país, a gente percebe o ato que parece até ser algo simples, de estar aqui conversando com vocês, de estar falando em ser mulher, dos desafios, do que deve ser comemorado, isso é uma grande vitória, porque nem sempre foi assim, a mulher em certa época, século 18, 19, ela direcionava o marido como meu senhor, a mulher estudava durante muitos anos, era algo como uma ofensa à sociedade. Nós conquistamos o direito de ir para as universidades na década de 30. Então, se hoje estamos lutando, brigando, falando, o fato de lutar é uma das conquistas maiores da mulher.”, afirmou.

 

A Coordenadora aproveitou para parabenizar o projeto Março Mulher, uma parceria dos programas Jornal do Meio Dia, da Princesa FM e do De Olho na Cidade, da Sociedade News FM.

 

“Agradecemos por este belíssimo projeto, de estar falando de mulheres, da luta das mulheres, com mulheres, mesmo já passando o 8 de março, o que é mais importante ainda. E que as lutas e conquistas não parem por aqui, ainda temos muito o que falar e exaltar destas guerreiras.”, concluiu.

 

Comentários

Leia também