Programa De Olho na Cidade

30/01/2020 - 09:41

PREFEITURA X HAVAN

Jorge Biancchi
PREFEITURA X HAVAN
O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, fez duras críticas a Administração Municipal na sua tentativa de abrir uma loja de 20 mil metros quadrados em Feira de Santana. No vídeo, que foi compartilhado nas redes sociais, o empresário critica principalmente a questão burocrática. 
 
A Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria de Planejamento, diz que "não há obstáculo" para que a empresa catarinense Havan instale uma unidade neste município.
 
A área é alvo de um conflito envolvendo a Mackro, empresa de atacados que a adquiriu junto a uma corretora local. Parte do terreno está registrada na Prefeitura como loteamento. Consequentemente, dotado de espaço para fins institucionais (construção de equipamentos públicos), o Município está impedido de acatar proposta para uso privado. 
 
Mas para não inviabilizar o investimento, importante para a economia local – geração de 200 empregos diretos -, o Município propôs à Makro que a empresa dê uma contrapartida à população – construção de uma creche, escola ou praça no loteamento, em troca do terreno.
 
Com a repercussão do tema, a Prefeitura reabriu o diálogo e deve apresentar à empresa Makro uma nova proposta de contra-partida para liberar o terreno onde a mega-loja pretende se instalar na cidade.
 
Mesmo que a negociação não seja o acordo dos sonhos para a Prefeitura, ainda bem que o Município resolveu buscar uma solução para o imbróglio. O Governo e seu secretariado devem se debruçar ainda mais para não perder este negócio, pois à longo prazo o retorno em arrecadação será garantido. Certamente será uma grande oportunidade para alavancar a economia da cidade em tempos de crise.


Comentários

Leia também