Programa De Olho na Cidade

26/10/2019 - 15:36

Petroleiros decidem suspender início de greve

Proposta feita pelo TST foi aceita por sindicato, que agora vai levar os termos para serem votados nas assembleias estaduais da categoria até novembro.
Momento Sindical
Petroleiros decidem suspender início de greve
A Federação Única dos Petroleiros (FUP) decidiu suspender a greve que estava programada para iniciar na madrugada deste sábado (26), a partir de 0h.
 
A decisão ocorreu após a mediação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que acenou com a possibilidade de determinar a aceitação de parte das demandas da categoria junto à Petrobras.
 
Entre as alterações propostas pelo tribunal estão a maior participação dos empregados na assistência à saúde, valor agora limitado a 30%, a necessidade de negociação com o sindicato para estabelecer turnos de 12 horas, uma nova política de horas extras e a extensão do acordo às empresas subsidiárias da Petrobras.
 
De acordo com a FUP, o movimento grevista ficará suspenso até 1º de novembro – data final para a conclusão das assembleias estaduais da categoria que vão apreciar a proposta mediada pelo TST. O movimento de paralisação poderá ser retomado, caso a Petrobras não acate o acordo mediado pela Justiça Trabalhista.
 
Dos 18 sindicatos de petroleiros existentes em todo o país, 13 são filiados à FUP.
 
Com informações da Rádio Nacional/EBC


Comentários

Leia também