Política

Na entrega do relatório da transição, Zé Neto propõe fortalecer câmaras técnicas e fomento para setor produtivo

O diagnóstico foi apresentado pela equipe formada pela o ex-ministro e coordenador do grupo de trabalho, Aloizio Mercadante , o ex-ministro Mauro Borges, a senadora Zenaide Maia, o ex-governador Germano Rigotto e o professor Paulo Feldman.

09/12/2022 09h03
Na entrega do relatório da transição, Zé Neto propõe fortalecer câmaras técnicas e fomento para setor produtivo

Em coletiva de imprensa do Grupo de Trabalho da Indústria, Comércio e Serviço, o deputado federal Zé Neto, como membro da equipe, reforçou que entre as ações propostas na área de desenvolvimento econômico do futuro governo Lula, além da recriação do ministério da Indústria e Comércio (MDIC) e do Planejamento e Orçamento (MPOC), o fortalecimento das cadeias produtivas, recriação das câmaras técnicas e criação de secretaria especial para o setor de serviços, abrangendo as áreas de turismo e eventos, a ampliação do fomento e política de inovação para a indústria, serão prioridades para o desenvolvimento da economia nacional. A informação foi dada nesta quarta-feira (7), na divulgação do primeiro diagnóstico feito pelo grupo.

“Vamos voltar a fazer o debate com as diversas cadeias produtivas do país, com destaque para as de frango, carne, leite, cacau, indústria, comércio, serviço, englobando turismo e eventos, varejo e atacado. Além disso, é importante recriar as Câmaras Técnicas como espaço de elaboração e consulta, para melhorar as decisões a serem tomadas e de acompanhamento das ações governamentais , que podem ser melhoradas ou até mesmo revistas”, explicou Zé Neto.

Sobre a criação de secretaria especial para serviços, o parlamentar exemplificou: Acho importante a criação da secretaria, lembrando que setores como turismo e eventos, por exemplo, precisam de uma atenção de mais qualidade, pois é uma indústria que tem passado por muitas dificuldades, principalmente em virtude da pandemia e de seus efeitos. Além disso, é precisar tratar esses temas de forma transversal em comitês Interministeriais”, finalizou.

O diagnóstico foi apresentado pela equipe formada pela o ex-ministro e coordenador do grupo de trabalho, Aloizio Mercadante , o ex-ministro Mauro Borges, a senadora Zenaide Maia, o ex-governador Germano Rigotto e o professor Paulo Feldman.

Na oportunidade, o ex-ministro Mauro Borges, afirmou que houve um desmonte da política industrial e de comércio exterior no Brasil, além do desmonte de instituições, a exemplo do que aconteceu com o BNDES.

“Existe uma política de descapitalização no país, estávamos indo na contramão do mundo, sem proteger o nosso mercado interno”, enfatizou.

O GT ainda disse que mais do que a recriação do MDIC, é necessário que a reforma tributária seja aprovada, para que ocorra o processo de reindustrialização do país.

O relatório final da equipe de transição, será entregue até final de dezembro.

Comentários

Leia também

Política
Fabya Reis é confirmada pré-candidata a vice na chapa de Geraldo Jr.

Fabya Reis é confirmada pré-candidata a vice na chapa de Geraldo Jr.

Anúncio aconteceu em evento no início da tarde desta quarta-feira (5)
Política
Arimateia denuncia falta de quórum na Comissão de Meio Ambiente

Arimateia denuncia falta de quórum na Comissão de Meio Ambiente

Conforme relatou, ‘os trabalhos não têm andado.’
Política
STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

STF forma maioria para confirma decisão de Zanin que suspendeu liminar contra desoneração

Prazo dado por Zanin foi para a efetivação de acordo entre governo e Congresso sobre...