Feira de Santana

Moradores lamentam prejuízos após fortes chuvas e cobram soluções

A situação atingiu moradores e comerciantes

21/02/2024 08h10
Moradores lamentam prejuízos após fortes chuvas e cobram soluções
Foto: Sotero Filho

Moradores da Fraga Maia e do Conjunto Feira V clamaram por ajuda após após perderem tudo após as fortes chuvas que atingiram Feira de Santana na terça-feira (20). Uma mãe relata o desespero ao quase perder sua filha de 5 anos afogada.

“A situação é desesperadora, perdi tudo, não sobrou nada. Minha filha de 5 anos quase morreu afogada, mas os vizinhos a resgataram a tempo, graças a Deus. Agora, estão todos sem nada, cada um está ajudando como pode, mas não há lugar para dormir. Estamos aqui ao lado de um córrego, o que só complica mais as coisas, precisamos de uma solução. Por que a prefeitura não nos ajuda? Ninguém vem ver nossa situação, tudo o que ganhamos, inclusive cestas básicas, foi levado pela água. Agora, enfrentamos fome e não temos onde dormir. Decidimos parar tudo hoje para chamar atenção para nossa situação, o esgoto está invadindo tudo, é preciso agir antes que seja tarde demais.”

Foto: Sotero Filho

Diante de uma situação que afeta não apenas seu estabelecimento, mas toda a comunidade local, a comerciante Keila desabafou sobre os graves problemas causados pelas chuvas na região.

“A situação é crítica e exige, com as chuvas a laje do meu estabelecimento comercial desabou devido à grande quantidade de água que se acumula na frente da loja e este problema não apenas afeta meu comércio, mas também toda a população da região. Estamos aqui clamando por socorro, pois há anos enfrentamos essa situação sem que nenhuma providência seja tomada pelas autoridades. A água da chuva entra na loja, causando danos irreparáveis aos materiais eletrônicos e ao ambiente de trabalho. As manifestações são o único meio que temos para chamar a atenção das autoridades, mas até agora, nossos apelos têm sido ignorados. O problema do esgoto não é recente, é algo que enfrentamos há anos, e a falta de ação está colocando vidas em risco. É preciso agir antes que ocorra uma tragédia irreparável.”

O engenheiro da Superintendência Municipal de Obras e Manutenções (Soma), Ianco Pinho, esteve no local e afirmou que a vazão de água do canal que há na região diminui e por isso muitas residências foram atingidas.

Foto: Sotero Filho

“De fato, a chuva que aconteceu hoje no período da tarde foi uma chuva muito intensa. nós tivemos 42 milímetros de precipitação em uma hora, um volume que gerou uma condição fora do normal para as redes dos canais da cidade e aqui na região do Feira V com o Parque Ipê não foi diferente. houve um extravasamento do canal e acabou atingindo alguns imóveis que margeavam. A SOMA, em conjunto com a SESP vai atuar no primeiro momento com a limpeza do canal, porque realmente existe uma vegetação presente que atrapalha um pouco a vazão desse canal associado também a algumas ocupações que estão muito próximas e acabaram gerando um estrangulamento um pouco intenso aqui”

*Com informações do repórter Sotero Filho

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Sindicato dos bancários homenageia Osmar Pereira, vítima do golpe militar

Sindicato dos bancários homenageia Osmar Pereira, vítima do golpe militar

No dia 08 de abril completou 60 anos da prisão de Osmar pela ditadura
Feira de Santana
Secretário de Governo assume interinamente cargo de chefe de gabinete do prefeito

Secretário de Governo assume interinamente cargo de chefe de gabinete do prefeito

A decisão foi publicada em edição do Diário Oficial Eletrônico desta sexta-feira...
Feira de Santana
Juscelino Brito é empossado como presidente da CDL de Feira de Santana

Juscelino Brito é empossado como presidente da CDL de Feira de Santana

Brito, empresário e líder do grupo Farmácia Brito, sucede Luís Mercês, agora vice-presidente...