Economia

Ministro do Trabalho volta atrás sobre fim de saque-aniversário do FGTS

Ele afirmou que a manutenção ou não do saque-aniversário do FGTS será “objeto de amplo debate junto ao Conselho Curador do FGTS e com as centrais sindicais”

06/01/2023 07h16
Ministro do Trabalho volta atrás sobre fim de saque-aniversário do FGTS
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, voltou atrás em relação a acabar com a modalidade do saque-aniversário do FGTS. Luiz afirmou nas redes sociais nesta quinta-feira (5) que a manutenção ou não do saque-aniversário do FGTS será “objeto de amplo debate junto ao Conselho Curador do FGTS e com as centrais sindicais”.

“A nossa preocupação é com a proteção dos trabalhadores e trabalhadoras em caso de demissão e com a preservação da sua poupança”, completou.

Em entrevista ao jornal O Globo publicada na quarta-feira (4), ele foi questionado se pretendia acabar com a modalidade de saque-aniversário e respondeu: “Nós pretendemos acabar com isso”.

Cerca de 28 milhões de trabalhadores já aderiram à modalidade do saque-aniversário, sacando o total de R$ 12 bilhões por ano. Desde que foi criado, em abril de 2020, foram sacados R$ 34 bilhões do FGTS por meio do saque-aniversário.

O saque-aniversário o FGTS foi criado pelo governo Bolsonaro. Permite que o trabalhador com recursos no fundo saque, no mês do seu aniversário, uma parcela do valor acumulado. O valor da parcela depende do total acumulado.

Com informações do G1

Comentários

Leia também

Economia
BBB 24: Especialista dá dicas de como gerenciar grande prêmio

BBB 24: Especialista dá dicas de como gerenciar grande prêmio

Se tornar milionário é o sonho de muitas pessoas e algumas delas conseguem assim, de...
Economia
Salário mínimo em 2025 poderá ser de R$ 1.502, prevê governo Lula

Salário mínimo em 2025 poderá ser de R$ 1.502, prevê governo Lula

Caso o aumento seja confirmado, o novo salário terá uma alta de 6,37% em relação ao...
Economia
Política de crédito impulsiona crescimento econômico em 2024, avalia presidente do Sindicato dos Bancários

Política de crédito impulsiona crescimento econômico em 2024, avalia presidente do Sindicato dos Bancários

Ele destacou a importância de ajustes na taxa básica de juros, a taxa Selic, para estimular...