Feira de Santana

Micareta de Feira: MP realizou mais de 30 ações entre visitas e inspeções para garantir segurança dos foliões

Ao longo dos quatro dias da folia, o MP atuou com um total de seis promotores de Justiça e 33 servidores

27/04/2023 10h11
Micareta de Feira: MP realizou mais de 30 ações entre visitas e inspeções para garantir segurança dos foliões
Foto: Humberto Filho Cecom/MP

A equipe do plantão do Ministério Público estadual na Micareta de Feira de Santana 2023 realizou mais de 30 ações, entre visitas, inspeções e reuniões, com o objetivo de buscar que as estruturas montadas para a festa funcionassem de modo a garantir os direitos e segurança dos foliões e da população, principalmente os mais socialmente vulneráveis. 

Ao longo dos quatro dias da folia, o MP atuou com um total de seis promotores de Justiça e 33 servidores, entre ele engenheiros e arquitetos da Central de Apoio Técnico (Ceat), que inspecionou camarotes, palcos e outras estruturas montadas provisoriamente para o evento, como o hospital de campanha municipal localizado na Avenida Presidente Dutra.

“Chegamos ao final da festa com a sensação de dever cumprido. Agradeço à Polícia Civil e às Secretarias Municipal e Estadual de Saúde pela parceria durante a festa, pois unimos forças e tornamos a micareta um lugar de segurança para o folião”, destacou o promotor de Justiça Audo Rodrigues, coordenador do plantão do MP durante o evento. 

A equipe do MP também realizou visitas institucionais e inspeções técnicas nas estruturas montadas nos circuitos do evento. Foram encontradas irregularidades em vistorias realizadas pela Central de Apoio Técnico (Ceat) e também em conjunto com o Corpo de Bombeiros (CB) no Palco do Reggae e no Palco Charles Albert, localizado na Praça Kalilândia, as quais foram embargadas pelo CB em razão da ausência de projeto e da impossibilidade de apresentá-lo em tempo hábil para que fosse feita a análise, com posterior emissão do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Posteriormente os palcos foram liberados com a correção das irregularidades. 

O trabalho realizado durante o plantão incluiu ainda acompanhamento da fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal (Visa) em barracas e isopores de comerciantes instalados ao longo do circuito Maneco Ferreira;  inspeção técnica nos trios elétricos, carros de apoio e banheiros químicos para verificar a destinação dos seus efluentes líquidos; além da divulgação da campanha  ‘Não é Não’, contra a importunação sexual  no circuito Maneca Ferreira, localizado na Avenida Presidente Dutra. Na ocasião, promotores de Justiça e servidores estiveram presentes no bloco ‘Lá Vem Elas’ e no camarote Central Mix, onde foram adesivadas 100 tatuagens com o intuito de deixar a mensagem de que se ela ou ele disse não, isso deve ser respeitado.

A equipe também esteve presente no Espaço Kids, no Colégio Luís Eduardo Magalhães, que funcionou recebendo crianças que se perderam dos responsáveis durante a festividade ou estiveram em qualquer situação de vulnerabilidade, e na inauguração do espaço integrado da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Médicos da IGM cancelam restrição de atendimentos em Feira de Santana

Médicos da IGM cancelam restrição de atendimentos em Feira de Santana

Uma nova assembleia, nesta sexta (12), suspendeu definitivamente a restrição
Feira de Santana
Carlos Geílson volta à política local: “sempre estamos aptos a recomeçar”

Carlos Geílson volta à política local: “sempre estamos aptos a recomeçar”

O ex-parlamentar em contato com a reportagem do De Olho na Cidade, afirmou: “está confirmada,...
Feira de Santana
Projeto realiza castração solidária em Feira; saiba como ajudar

Projeto realiza castração solidária em Feira; saiba como ajudar

Para mais informações acesse o Instagram: @castradez.