Polícia

Médico acusado de matar colega vai a júri popular dois anos após crime

Crime foi cometido em maio de 2021 e Geraldo Freitas segue preso desde então.

21/03/2023 10h28
Médico acusado de matar colega vai a júri popular dois anos após crime

O médico Geraldo Freitas Junior, acusado de matar o colega acreano Andrade Lopes Santana, em maio de 2021, vai a júri popular a cerca de dois anos do crime. A decisão foi anunciada pela Justiça de Feira de Santana na segunda-feira (20).

Apesar disso, ainda não há uma data marcada para o julgamento. Geraldo Freitas foi preso quatro dias após o sumiço de Andrade, no dia 28 de maio de 2021 – mesmo dia em que o corpo do médico acreano foi encontrado no Rio Jacuípe, em São Gonçalo dos Campos, a 20 km de Feira de Santana.

Geraldo está no Conjunto Penal de Feira de Santana desde a prisão. Ele confessou o crime à Polícia Civil. Depois de matar Andrade, Geraldo buscou a delegacia para registrar o desaparecimento da vítima. As investigações da polícia apontam que ele agiu sozinho no crime.

*Com informações g1

Comentários

Leia também

Polícia
Polícia Civil deflagra operação contra organização criminosa no interior

Polícia Civil deflagra operação contra organização criminosa no interior

Denominada de Premium Mandatum, a ação visa cumprir dezenas de mandados de prisão e...
Polícia
Homem é morto a tiros no bairro Campo Limpo

Homem é morto a tiros no bairro Campo Limpo

A polícia aguarda familiares para proceder com a identificação da vítima.
Polícia
Homem é preso em flagrante por tentativa de homicídio no bairro Santo Antônio dos Prazeres

Homem é preso em flagrante por tentativa de homicídio no bairro Santo Antônio dos Prazeres

A vítima informou que tratava-se de uma tentativa de homicídio devido a um desacordo...