Educação

MEC anuncia aumento de 54% em oferta de bolsas para formação de professores

MEC anuncia aumento de 54% em oferta de bolsas para formação de professores

30/03/2023 08h04
MEC anuncia aumento de 54% em oferta de bolsas para formação de professores
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

As bolsas, concedidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vão passar de 57.682 para 88.963. Agora, serão ofertadas pelo Pibid 55.034 bolsas. O PRP vai disponibilizar 33.929. 

De acordo com Santana, a ampliação dos programas tem como principal objetivo ajudar na qualidade de formação dos profissionais da educação. Para os novos bolsistas, serão abertos dois novos períodos de atividades: 1º a 15 de maio de 2023 e 1º a 15 de junho de 2023. 

Ao todo, das 253 Instituições de ensino superior com projetos aprovados para o Pibid, cerca de 187 poderão ter aumento no número de bolsas. Já para os projetos de residência pedagógicos, 92 das 230 instituições credenciadas atendem aos requisitos para o recebimento de mais benefícios. 

Instituições aprovadas na etapa de análise de mérito e que não receberam o total das cotas solicitadas pelo projeto ou as que conseguiram as bolsas solicitadas, mas não implementaram integralmente no prazo de início das atividades poderão ser atendidas. 

Unidades de ensino que não conseguiram iniciar os projetos no tempo determinado ou que tenham ficado em cadastro de reserva também estão aptas a receber mais bolsas.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Educação
Governo do Estado concede avanço na carreira para 770 educadores na Bahia

Governo do Estado concede avanço na carreira para 770 educadores na Bahia

Os requerimentos de progressão funcional por avanço vertical são apresentados ao longo...
Educação
Estudantes baianos estão na fase final da Olimpíada de Matemática da Unicamp

Estudantes baianos estão na fase final da Olimpíada de Matemática da Unicamp

O resultado e a convocação dos estudantes foram realizados na segunda-feira (8).
Educação
Câmara aprova mudanças na reforma do ensino médio

Câmara aprova mudanças na reforma do ensino médio

Relator foi contra a inclusão do espanhol como idioma obrigatório