Política

Manifestações pró-governo reúnem multidões em Brasília, SP e Rio

O Palácio do Planalto estima que mais de 1 milhão de pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios para comemorar o 7 de Setembro

07/09/2022 16h55
Manifestações pró-governo reúnem multidões em Brasília, SP e Rio
Fotos: Portal R7

O bicentenário da independência do Brasil foi marcado por atos pró-governo nas principais capitais do país. Em Brasília, foi realizado um desfile cívico-militar com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, seu vice na chapa, general Braga Netto, e ministros de Estado. O Palácio do Planalto estima que mais de 1 milhão de pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios para comemorar o 7 de Setembro.

Após o desfile, em Brasília, Bolsonaro discursou aos apoiadores, ocasião na qual exaltou programas sociais implantados durante o governo — como o Auxílio Brasil —, comentou a diminuição no preço da gasolina e afirmou que “joga dentro das quatro linhas” da Constituição, em referência às eleições de outubro.

“O povo está do lado do bem e sabe o que quer”, comentou. “Aqui em Brasília, temos a origem de todas as leis e estou muito feliz em ter ajudado a chegar até vocês a verdade e mostrado que o conhecimento também liberta. Hoje, todos sabem o que é o Poder Executivo, a Câmara dos Deputados, o Senado e o Supremo Tribunal Federal”, disse.

São Paulo
Em São Paulo, manifestantes se reuniram na Avenida Paulista para demonstrar apoio ao presidente Jair Bolsonaro. Mais cedo, houve um desfile cívico-militar na Avenida Dom Pedro Primeiro, no bairro do Ipiranga, para celebrar o bicentenário da independência do Brasil. Assim como em Brasília, o desfile foi o primeiro após o início da pandemia da Covid-19.

Rio de Janeiro
Após participar o desfile em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro segue para o Rio de Janeiro para participar de uma cerimônia em comemoração ao Bicentenário da Independência, em Copacabana. Não haverá desfile no local.

*R7

Comentários

Leia também

Política
Wagner diz que Lula não irá interferir no Banco Central, mas critica taxa de juros alta

Wagner diz que Lula não irá interferir no Banco Central, mas critica taxa de juros alta

Senador defendeu que as críticas feitas pelo presidente ao Banco Central não deveriam...
Política
Lídice da Mata será vice-líder do governo no Congresso

Lídice da Mata será vice-líder do governo no Congresso

Confirmação foi feita pelo líder do governo, o senador Randolfe Rodrigues
Política
Lula se solidariza com vítimas do terremoto que atingiu Turquia e Síria