Polícia

Maconha é apreendida com passageiro de ônibus na BR 116 em Feira de Santana

Homem disse que receberia 4 mil reais pelo serviço de transporte da droga de Uberlândia (MG) até Natal (RN)

14/06/2022 06h46
Maconha é apreendida com passageiro de ônibus na BR 116 em Feira de Santana
Foto: Divulgação PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde de hoje (13), 31,45 kg de maconha, escondidas na bagagem de um passageiro de ônibus interestadual que fazia o itinerário São Paulo (SP) x Natal (RN).

O flagrante ocorreu durante uma fiscalização de combate a criminalidade no Km 429 da BR 116, em Feira de Santana.

Era por volta das 15h30min quando os agentes deram ordem de parada ao veículo. 

Durante a abordagem e procedimentos padrões de checagem, os policiais notaram que um dos passageiros demonstrava contradições na entrevista e, em razão de suas respostas, desconfiaram que ele poderia estar transportando algo ilícito.

Ao inspecionarem os pertences do passageiro foram encontrados tabletes da substância entorpecente, que estavam escondidos em bagagem  de propriedade do ocupante.

Ao ser questionado, o homem confessou ser o responsável pela droga e informou que recebeu a maconha na cidade de Uberlândia, interior de Minas Gerais e pretendia levar os pacotes para a cidade de Natal (RN). Que receberia 4 mil reais pelo transporte.

Diante dos fatos, foi dada a voz de prisão ao passageiro, encaminhado pelo crime de tráfico de drogas à Delegacia da Polícia Civil e apresentado à autoridade policial.

Comentários

Leia também

Polícia
Acidente envolvendo carreta carregada de combustível causa congestionamento na BR-324

Acidente envolvendo carreta carregada de combustível causa congestionamento na BR-324

Não houve feridos, mas o impacto ocasionou o vazamento da carga na via
Polícia
Homem é assassinado a tiros no bairro Aviário

Homem é assassinado a tiros no bairro Aviário

O delegado Luís Smyslov Filgueira presidiu o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo...
Polícia
Acusado de matar ex-companheira é condenado a 39 anos de prisão

Acusado de matar ex-companheira é condenado a 39 anos de prisão

"É resposta a um crime que precisa ser combatido", diz delegada