Política

Lula e Janja assinam carta em defesa da democracia

Documento também já foi assinado pelos presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e Luiz Felipe D’Ávila (NOVO)

08/08/2022 12h40
Lula e Janja assinam carta em defesa da democracia
Foto: Reprodução/Redes sociais

Candidato ao Palácio do Planalto nas eleições de 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou o manifesto em defesa da democracia, organizado por entidades e alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

A socióloga e esposa do ex-presidente, Rosângela da Silva, conhecida como Janja, também assinou a carta, que será lida no Pátio das Arcadas, na Faculdade de Direito da USP, em 11 de agosto. O manifesto defende a democracia e pede respeito ao sistema eleitoral brasileiro.

A “Carta às brasileiras e aos brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito” também foi endossada pelos presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e Luiz Felipe D’Ávila  (NOVO) e pelos ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Dilma Rousseff (PT).

Na última sexta-feira (5), o jornal Folha de São Paulo revelou que aliados do petista já vinham estimulando que o ex-presidente aderisse ao movimento. De acordo com a publicação, Lula inicialmente resistiu por receio de levar ao movimento um caráter político-eleitoral e ser acusado de tentar instrumentalizar a iniciativa. 

Lula acabou cedendo após aliados argumentarem que seria importante ratificar o documento para marcar posição e fazer um contraponto a Jair Bolsonaro (PL). O presidente tem feito diversas manifestações questionando a lisura das urnas eletrônicas. Ele já vem mostrando um incômodo com o manifesto, que definiu como “cartinha”.

* Metro 1

Comentários

Leia também

Política
Pesquisa Quaest: 50% dos brasileiros aprovam trabalho de Lula e 47% desaprovam

Pesquisa Quaest: 50% dos brasileiros aprovam trabalho de Lula e 47% desaprovam

No último levantamento, realizado em fevereiro, 51% dos entrevistados aprovavam o trabalho...
Política
Alba aprova pagamento da 3ª parcela dos precatórios e criação de vagas para DPT

Alba aprova pagamento da 3ª parcela dos precatórios e criação de vagas para DPT

Projetos, de autoria do Executivo, foram aprovados de forma unânime pelos deputados estaduais ...
Política
Cármen Lúcia é eleita presidente do TSE e assume em junho na vaga de Moraes

Cármen Lúcia é eleita presidente do TSE e assume em junho na vaga de Moraes

Esta será segunda vez de Cármen como presidente da corte