Bahia

Líder dos caminhoneiros fala em greve e pede transparência de Petrobras e Bolsonaro

O líder dos caminhoneiros, Wallace Landim, disse que a categoria pode parar por não ter condições de se manter

28/05/2022 12h36
Líder dos caminhoneiros fala em greve e pede transparência de Petrobras e Bolsonaro
Foto: Reprodução

O líder dos caminhoneiros, Wallace Landim, disse, em entrevista ao BP Money, nesta sexta-feira (27), que a categoria pode parar – em uma possível greve dos caminhoneiros – por não ter condições de se manter. Chorão, como é nacionalmente conhecido, questionou se os preços praticados pela Petrobras (PETR3;PETR4) devem sofrer mudanças com a nova troca no comando da empresa e cobrou mais transparência por parte de Jair Bolsonaro (PL) e da estatal.

“O presidente precisa dizer para a categoria se o preço do diesel vai subir. Nossa principal pauta é referente a Petrobras. Com a estatal, o rico está ficando cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre. A troca de presidente da Petrobras vai diminuir o preço ou a Petro vai continuar sangrando o povo e a nossa categoria?”, questionou Landim.

“[A categoria] pode parar por não ter condições de se manter”, complementou. Landim também cobrou mais transparência da petroleira e do líder do Executivo em relação às informações que deixaram de ser passadas de forma antecipada à categoria sobre a possibilidade de falta de diesel no início do segundo semestre. 

“Dia 24 eu cobrei do Ministério de Minas e Energia para ter transparência ao passar para a categoria informações em relação ao estoque do diesel. Nós alertamos e a Petrobras estava escondendo. Agora, a empresa disse que tem menos de 20 dias de estoque. Então por que não alertou antes pra gente se programar? Saiu fora do controle, por isso peço que o presidente chame a responsabilidade e tenha coragem de se pronunciar”, enfatizou o líder dos caminhoneiros. 

Segundo informações da “Folha de S. Paulo”, a Petrobras confirmou o informe da Federação Única dos Petroleiros (FUP) sobre a possibilidade de falta de diesel no Brasil. A estatal teria enviado um ofício ao Governo Federal, formalizando o alerta da federação.

Fonte: BP money/ Bahia Notícias

Comentários

Leia também

Bahia
Ipecaetá: Prefeitura entrega mais uma escola totalmente requalificada

Ipecaetá: Prefeitura entrega mais uma escola totalmente requalificada

A Escola Iêda Barradas Carneiro é mais uma das mais de 22 escolas do município que já...
Bahia
Prefeito Dudy anuncia programação especial para celebração do aniversário de Ipirá

Prefeito Dudy anuncia programação especial para celebração do aniversário de Ipirá

O evento contará com apresentações musicais de renome, como Limão com Mel, Tayrone...
Bahia
Lei que garante meia-entrada a pessoas com autismo e acompanhante é sancionada

Lei que garante meia-entrada a pessoas com autismo e acompanhante é sancionada

A iniciativa foi proposta pelo deputado estadual Júnior Muniz e validada pelo governador...