Política

Kleber Rosa defende fim da Polícia Militar no Brasil

O ativista do PSOL pontuou que o foco da ação policial deve ser a investigação criminal

11/01/2023 16h25
Kleber Rosa defende fim da Polícia Militar no Brasil
Foto: Divulgação

O ativista do movimento negro, cientista social, e Secretário de Comunicação do PSOL Bahia, defendeu, nesta quarta-feira(11 ), o fim da Polícia Militar. O investigador da Polícia Civil destacou que o Brasil é um dos poucos países do mundo que adota o modelo de militarização da polícia. O psolista ressaltou que o foco da ação policial deve ser a investigação criminal e não o paradigma de polícia pautada na ação bélica, no confronto. A declaração foi dada durante entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, ao programa “Conexão Bahia”, apresentado pela jornalista Silvana Oliveira.

O psolista citou como exemplo os Estados Unidos onde a polícia não é militarizada e tem como parâmetro o “ciclo completo”. Kleber Rosa explicou que quando o país adota o “ciclo completo” a investigação criminal é o foco da ação policial. “Precisamos de um modelo de segurança pública que tenha como foco a Polícia Civil e o trabalho de investigação criminal para aumentarmos o percentual de elucidação dos crimes e para combatermos de forma mais eficaz as grandes organizações criminosas”, pontuou.

O investigador disse que nos Estados Unidos o policial começa fazendo o trabalho ostensivo nas ruas, depois faz carreira e torna-se investigador, detetive. ” O ostensivo fica a serviço da investigação. As pessoas se enganam quando vêm o uniforme e acham que é polícia militar”, frisou Kleber Rosa, ao lembrar que o senador Lindbergh Farias (PT) apresentou uma PEC na qual defendia a desmilitarização da polícia, o ciclo completo, a carreira única e o controle externo da polícia.

“A PEC de Lindbergh acabou ficando esquecida. Precisamos agora retomar esse debate sobre a importância de fazermos uma reestruturação da segurança pública no Brasil”, defendeu o cientista social, ao pontuar que, a polícia como qualquer outro serviço público, precisa de participação popular, e é uma instituição que pertence ao povo e a sociedade civil.

*Ascom PSOL

Comentários

Leia também

Política
José Ronaldo mantém cautela na escolha do vice e aguarda definições

José Ronaldo mantém cautela na escolha do vice e aguarda definições

Com nove partidos aliados já confirmados, Ronaldo revelou que ainda está em conversas...
Política
Comissão de Ética que vai avaliar caso de Binho Galinha será instalada nesta quarta-feira na Alba

Comissão de Ética que vai avaliar caso de Binho Galinha será instalada nesta quarta-feira na Alba

O deputado é apontado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público do Estado como...
Política
Ex-secretária de saúde entra na corrida política e marca presença em evento de lançamento da pré-candidatura de José Ronaldo

Ex-secretária de saúde entra na corrida política e marca presença em evento de lançamento da pré-candidatura de José Ronaldo

Denise também ressaltou sua continuidade em trabalhar para uma Feira de Santana melhor,...