Política

Justiça Eleitoral recebe 10,8 mil denúncias de propaganda irregular

Denúncias foram feitas pelo aplicativo Pardal

14/09/2022 07h35
Justiça Eleitoral recebe 10,8 mil denúncias de propaganda irregular
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que recebeu 10,8 mil denúncias de propaganda eleitoral irregular em todo o país. Os indícios de irregularidades foram notificados entre 16 de agosto e ontem (12).

As denúncias foram enviadas pelo aplicativo Pardal, ferramenta digital criada em 2014 e que permite que o cidadão registre reclamações contras as campanhas. Após o recebimento, as queixas são enviadas ao Ministério Público Eleitoral (MPE).

O maior número de denúncias foi registrado em Pernambuco (1,5 mil), seguido por São Paulo (1,3 mil), Minas Gerais (1,1 mil) e Rio Grande do Sul (1 mil).

De acordo com os dados, foram recebidas 3,6 mil denúncias referentes a candidatos a deputado estadual, 3,4 mil a deputado federal, 1,4 mil a presidente e 738 a governador.

O aplicativo Pardal está disponível nas lojas virtuais App Store e Google Play ou por meio do site do TSE.

Pela plataforma, também é possível denunciar compra de votos, abuso de poder econômico e político, uso indevido da máquina pública e dos meios de comunicação durante a campanha.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Política
CNT/MDA: Lula tem 48,3% dos votos válidos; Bolsonaro registra 39,7%

CNT/MDA: Lula tem 48,3% dos votos válidos; Bolsonaro registra 39,7%

A pesquisa do Instituto MDA foi contratada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT)....
Política
Otto mantém vantagem na disputa pelo Senado; Cacá sobe e ultrapassa Raíssa, diz AtlasIntel

Otto mantém vantagem na disputa pelo Senado; Cacá sobe e ultrapassa Raíssa, diz AtlasIntel

A candidata bolsonarista recuou 2,9 pontos, saindo de 13,9% para 11% e agora se encontra...
Política
Atendente virtual Maia facilita esclarecimento de dúvidas ao eleitor

Atendente virtual Maia facilita esclarecimento de dúvidas ao eleitor

O atendente virtual pode ser acessado no site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE)...