Educação

Justiça determina que Uneb suspenda concurso público após pedido do MP-BA

Concurso teve prova escrita aplicada em junho deste ano e contou com 134 vagas para professores auxiliares nível A.

08/09/2022 10h55
Justiça determina que Uneb suspenda concurso público após pedido do MP-BA
Foto: Divulgação/Uneb

A Justiça determinou que a Universidade Estadual da Bahia (Uneb) suspenda o concurso público da instituição para professores. A decisão, assinada na terça-feira (6), ocorreu após pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA), que verificou irregularidades no processo.

Em nota, a Uneb informou que não foi notificada sobre a existência do processo ou sobre qualquer decisão judicial.
As inscrições para o concurso ficaram abertas entre os dias 9 e 18 de maio deste ano, e contou com 134 vagas para professores auxiliares nível “A”. A prova escrita foi aplicada no dia 9 de junho. O Governo do Estado também anunciou a realização de concursos públicos para outras universidades estaduais, no entanto não há informações de irregularidades nesses certames.

Segundo o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), as irregularidades do concurso da Uneb foram: tempo curto para a finalização do concurso, identificação das folhas de respostas da prova escrita e problemas na composição das bancas examinadoras.

Além disso, foram apontadas modificações das composições de bancas para duas vagas, mudanças de regras próxima à data do exame e prazo curto entre a divulgação do cronograma de sorteio da aula pública e o dia da realização da aula.

Em nota, a Justiça relatou que recebeu informações de que as folhas de resposta tinham espaços para que os candidatos escrevessem os respectivos nomes e que alguns dos aprovados tinham algum tipo de relação com os avaliadores.

Com a decisão, a instituição deve suspender o andamento do concurso, em especial a fase de nomeação e/ou posse dos aprovados. Caso essa etapa já tenha sido realizada, a Uneb deverá invalidar o resultado.

Com o concurso suspenso, a Justiça pede que a universidade apresente, em um prazo de 30 dias, as cópias das folhas de resposta da prova escrita. Ainda foi solicitado que a instituição apresente um levantamento, em tabela, da quantidade de folhas com identificação de candidato, com número de CPF, nome, rubrica e outro meio de identificação. O levantamento deve ser dividido pelas cidades em que as provas foram feitas.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Educação
Centro de Educação Monteiro Lobato será reconstruído

Centro de Educação Monteiro Lobato será reconstruído

Prefeito Colbert Filho autorizou início das obras
Educação
Conselho Municipal de Educação comemora 31 anos

Conselho Municipal de Educação comemora 31 anos

Unidade exerce papel de articuladores e mediadores das demandas educacionais
Educação
Partiu Estágio convoca universitários para entregar documentação

Partiu Estágio convoca universitários para entregar documentação

São 3.201 estudantes que precisam levar documentos exigidos até quarta-feira (5) ao órgão...