Educação

Justiça determina que município se manifeste sobre corte de salário dos professores de Feira

Prazo de dez dias

15/07/2022 17h13
Justiça determina que município se manifeste sobre corte de salário dos professores de Feira
Foto: Arquivo

O Sindicato dos Professores de Feira de Santana divulgou nesta sexta-feira (15), que a 2ª Vara da Fazenda Pública declarou que o prefeito Colbert Filho pode “ser processado criminalmente por desobediência, e preso, caso continue descomprimido a decisão judicial transitada em julgado de suspensão dos cortes salariais”.

Abaixo, a nota na íntegra.

“O Jurídico da APLB Feira vem informar aos trabalhadores em educação da Rede Municipal de Feira de Santana que, na data de 13/07/2022, no processo do Mandado de Segurança Coletivo contra o corte de salarial durante a pandemia, foi publicado despacho da 2a Vara de Fazenda Pública que declarou a possibilidade do Gestor Municipal de Feira de Santana ser processado criminalmente por desobediência e preso, caso continue descumprindo a decisão judicial transitada em julgado de suspensão dos cortes salariais. Assim, foi determinado que o Município se manifeste no prazo de 10 dias sobre os referidos descumprimentos.


Relembramos à categoria que a tese reiterada pelo Governo Municipal de que a Alteração de carga horária de 20h para 40h seriam horas-extras, bem como a Gratificação de 20% dos profissionais que atuam nos Distritos seria deslocamento já foi totalmente rechaçada na sentença e acórdão proferido nos presentes autos.


A diretoria aguerrida da APLB Feira juntamente com seu Jurídico
seguirão firmes e intransigentes na defesa dos direitos e interesses da categoria”.

Comentários

Leia também

Educação
Rede estadual de ensino ultrapassa a marca de 650 mil matrículas

Rede estadual de ensino ultrapassa a marca de 650 mil matrículas

O ano letivo terá início no dia 6 de fevereiro
Educação
Estudantes já podem realizar inscrição para o Pré-Enem Social

Estudantes já podem realizar inscrição para o Pré-Enem Social

Estão sendo oferecidas 200 vagas e mais 100 de cadastro reserva
Educação
Colaboratividade é um dos principais elementos do ensino, afirma educador

Colaboratividade é um dos principais elementos do ensino, afirma educador

“Não é apenas uma escola, é um projeto de vida”.