Brasil

Justiça determina bloqueio de valores das Americanas que foram retidos por bancos

Os valores eram de R$ 200 milhões, retidos pelo Banco Safra, e R$ 95 milhões pelo Banco Safra

25/01/2023 12h53
Justiça determina bloqueio de valores das Americanas que foram retidos por bancos
Foto: Reprodução

A Justiça atendeu ao pedido do Grupo Americanas e determinou o arresto e bloqueio dos valores do Grupo que foram retidos pelo Banco Votorantim e pelo Safra. A determinação foi do juiz Luiz Alberto Carvalho Alves, da 4ª Vara Empresarial da Capital do Rio de Janeiro. 

Os valores eram de R$ 200 milhões, retidos pelo Banco Safra, e R$ 95 milhões pelo Banco Safra. Na última quinta-feira (19), os dois bancos haviam descumprido a determinação 4ª Vara Empresarial, que suspendeu todas as execuções financeiras contra o Grupo Americanas, quando foi deferido o processamento de recuperação judicial do grupo.

A decisão do juiz levou em conta o entendimento de que os valores retidos pelos dois bancos poderiam colocar em risco o processo de recuperação do Grupo Americanas. “Há de se destacar que o comportamento das referidas instituições financeiras prejudica a formação e manutenção do capital de giro do grupo econômico em processo de recuperação”, escreveu o magistrado. 

Na segunda-feira (23), o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro liberou R$ 1,2 bilhão das Lojas Americanas. O valor tinha sido bloqueado a pedido do BTG. A Justiça concedeu liminar ao BTG antes do deferimento pela 4ª Vara Empresarial do processamento da recuperação judicial do Grupo Americanas e da nomeação do administrador judicial.

Por: Metro 1

Comentários

Leia também

Brasil
Previdência convoca mais 11 mil aposentados e pensionistas para fazer Prova de Vida

Previdência convoca mais 11 mil aposentados e pensionistas para fazer Prova de Vida

Processo pode ser feito até o fim do mês de setembro por aplicativo, videoatendimento...
Brasil
Suspensão do piso da enfermagem começa a ser avaliado pelo STF nesta sexta

Suspensão do piso da enfermagem começa a ser avaliado pelo STF nesta sexta

Ministros terão até o dia 16 de setembro para divulgar seus votos no plenário virtual...
Brasil
Governo Bolsonaro decreta luto oficial de três dias por morte da rainha Elizabeth II

Governo Bolsonaro decreta luto oficial de três dias por morte da rainha Elizabeth II

Decreto foi publicado em edição extra do "Diário Oficial da União"