Política

Ipec: ACM Neto tem 56% e Jerônimo Rodrigues tem 13% na disputa para o governo da Bahia

Pesquisa ouviu 1008 pessoas entre os dias 23 e 25 de agosto em 51 cidades do estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos

26/08/2022 20h36
Ipec: ACM Neto tem 56% e Jerônimo Rodrigues tem 13% na disputa para o governo da Bahia
Foto: Divulgação

Pesquisa do IPEC (antigo Ibope), divulgada nesta sexta-feira (26) e contratada pela TV Bahia, revela os índices de intenção de voto para o cargo de governador da Bahia. O candidato do União Brasil, ACM Neto, lidera a disputa com 56% das intenções de voto.

Em segundo lugar está o candidato Jerônimo Rodrigues (PT), com 13%, seguido de João Roma (PL) com 7%.

O candidato Marcelo Millet (PCO) aparece com 2% das intenções de voto, acompanhado de Kleber Rosa (PSOL) com 1%. Giovani Damico (PCB) não atingiu 1%. Votos brancos e nulos somam 8%. Não souberam ou preferiram não responder outros 12%.

O Instituto em Pesquisa e Consultoria (IPEC) ouviu 1008 pessoas entre os dias 23 a 25 de agosto, em 51 cidades da Bahia. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BA – 028732022 (TRE) e BR – 00575/222 (TSE).

Resultados:

ACM Neto (União Brasil): 56%
Jerônimo Rodrigues (PT): 13%
João Roma (PL): 7%
Marcelo Millet (PCO): 2%
Kleber Rosa (PSOL): 1%
Giovani Damico (PCB) : menos de 1%

*G1 Bahia

Comentários

Leia também

Política
Defesa de Bolsonaro entra com ação no STF para anular investigação sobre joias

Defesa de Bolsonaro entra com ação no STF para anular investigação sobre joias

A defesa do ex-presidente considera que a forma como a apuração foi instaurada pelo ministro...
Política
Moraes nega pedido de Bolsonaro para adiar depoimento à PF

Moraes nega pedido de Bolsonaro para adiar depoimento à PF

Segundo o ministro do STF, não compete ao investigado 'escolher a data e horário de seu...
Política
Israel declara Lula persona non grata, após ele comparar situação de Gaza ao holocausto

Israel declara Lula persona non grata, após ele comparar situação de Gaza ao holocausto

Ministro de Relações Exteriores classificou fala de Lula como ‘grave ataque antissemita’ ...