Polícia

Idoso suspeito de estuprar e manter enteada em cárcere privado é preso

Uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Conceição do Coité prendeu, na sexta-feira (3), um homem, de 69 anos, suspeito de praticar os crimes de estupro, cárcere privado e lesão corporal contra a enteada, de 41. Ele foi localizado em sua residência, na Rua Santos Dumont. O flagrante ocorreu logo após a vítima registrar a […]

04/06/2022 17h36
Idoso suspeito de estuprar e manter enteada em cárcere privado é preso
Foto: Haeckel Dias / Ascom-PC

Uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Conceição do Coité prendeu, na sexta-feira (3), um homem, de 69 anos, suspeito de praticar os crimes de estupro, cárcere privado e lesão corporal contra a enteada, de 41. Ele foi localizado em sua residência, na Rua Santos Dumont.

O flagrante ocorreu logo após a vítima registrar a ocorrência na unidade policial. “A mulher esteve na delegacia relatando as agressões físicas e o assédio. Ela tinha sinais de lesões nos braços e disse ter sido agredida pelo padrasto com socos e com um cabo de vassoura, arremessado contra a sua cabeça”, detalhou o delegado Edemir Luchini.

Ainda de acordo com os relatos da vítima, os abusos eram constantes e o suspeito a mantinha em cárcere privado, permitindo a sua saída apenas na companhia dele. “De imediato diligenciamos até a casa do suspeito, que não resistiu à prisão”, ressaltou Luchini.

Guias para exames de lesões corporais e conjunção carnal foram expedidas e requerida medidas protetivas de urgência para a vítima. O homem está à disposição da Justiça.

Fonte: SSP

Comentários

Leia também

Polícia
Acidente envolvendo carreta carregada de combustível causa congestionamento na BR-324

Acidente envolvendo carreta carregada de combustível causa congestionamento na BR-324

Não houve feridos, mas o impacto ocasionou o vazamento da carga na via
Polícia
Homem é assassinado a tiros no bairro Aviário

Homem é assassinado a tiros no bairro Aviário

O delegado Luís Smyslov Filgueira presidiu o levantamento cadavérico e encaminhou o corpo...
Polícia
Acusado de matar ex-companheira é condenado a 39 anos de prisão

Acusado de matar ex-companheira é condenado a 39 anos de prisão

"É resposta a um crime que precisa ser combatido", diz delegada