Brasil

IBGE afirma que entrega do Censo será adiada para o final de abril de 2023

Inicialmente, o prazo estabelecido foi no mês de outubro de 2022

26/01/2023 07h52
IBGE afirma que entrega do Censo será adiada para o final de abril de 2023
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou, nesta quarta-feira (25), que estabeleceu um novo prazo de entrega do Censo 2022 para o final do mês de abril de 2023. Originalmente, o recenseamento estava previsto para ser entregue em outubro do ano passado, depois afirmaram que a conclusão do levantamento seria postergado para janeiro.

De acordo com o órgão, apesar da “cobertura completa dos setores censitários” ainda tem previsão de ser finalizada em janeiro deste ano, a apuração do levantamento deverá ocorrer durante fevereiro. A informação é do portal g1. 

“Em fevereiro, permanecerá em andamento o processo de revisão, controle de qualidade e apuração do Censo, com tentativas de reversão de recusas, visitas a domicílios com morador ausente para realização de entrevistas, além de verificação de domicílios vagos, de uso ocasional, possíveis duplicidades e omissões e preparação para divulgação”, afirmou o instituto.

Além disso, nesta terça-feira (24), o IBGE afirmou que cerca de 89 milhões de residências e 184 milhões de cidadãos foram recenseados. 

*Metro 1

Comentários

Leia também

Brasil
Anvisa atualiza orientações sobre rotulagem de alimentos

Anvisa atualiza orientações sobre rotulagem de alimentos

Modificações devem ajudar no uso das informações nutricionais para a realização de...
Brasil
Servidores do INSS decidiram iniciar greve em todo país a partir desta quarta-feira

Servidores do INSS decidiram iniciar greve em todo país a partir desta quarta-feira

Segundo representantes dos servidores, ainda não há um balanço de adesão, mas a expectativa...
Brasil
PF deflagra operação contra fraudes à Caixa envolvendo Auxílio Emergencial

PF deflagra operação contra fraudes à Caixa envolvendo Auxílio Emergencial

A ação resulta de uma apuração da PF em parceria com a Caixa que iniciou em abril de...