Bahia

Hemoba divulga balanço de voluntários à doação de sangue em 2022

Apesar da alta no número de doadores em 2022, a coleta ainda ficou abaixo do nível considerado seguro para manter o estoque de bolsas de sangue que atenda as demandas dos hospitais do SUS e conveniados.

04/01/2023 13h01
Hemoba divulga balanço de voluntários à doação de sangue em 2022
Foto: Divulgação/Hemoba

Conforme balanço de doação de sangue em 2022 da Fundação Hemoba, houve um aumento no número de voluntários após dois anos de pico da pandemia de Covid-19. No ano passado, 157.052 candidatos compareceram às unidades de coleta, com 120.510 considerados aptos e 36.542 inaptos. Enquanto em 2020, foram 133.799 atendimentos, com 105.565 doações efetivadas, e em 2021, com o início da vacinação, 146.814 candidatos atendidos, com 114.450 efetivados. Em 2019, antes da pandemia, 153.970 pessoas colocaram-se à disposição para doar, sendo que 117.793 concretizaram a doação. 

Apesar da alta no número de doadores em 2022, a coleta ainda ficou abaixo do nível considerado seguro para manter o estoque de bolsas de sangue que atenda as demandas dos hospitais do SUS e conveniados. Segundo Luiz Catto, diretor geral da Hemoba, o ideal é ter uma média mensal de 15 mil voluntários, o que resultaria em uma média anual 180.000 candidatos, cerca de 500 diariamente. “Durante todo o ano é necessário mostrar a importância da doação de sangue, principalmente, porque precisamos atender as demandas das unidades hospitalares e o estoque nem sempre está no nível adequado. Contudo não podemos deixar de agradecer aos doadores que foram solidários e nos ajudaram a alcançar esses números expressivos em 2022”, afirma Catto. 

A doação regular dos voluntários é um dos meios mais eficazes para manter o estoque de sangue em nível seguro. Os homens podem doar até 4 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 60 dias entre as doações, e as mulheres podem doar até 3 vezes a cada 12 meses, com intervalo mínimo de 90 dias entre as doações. São várias as situações em que as pessoas necessitam da transfusão de sangue ou de plaquetas. Entre elas, no tratamento de lesões graves e contra o câncer ou outras doenças, como a anemia falciforme, e em vários tipos de cirurgias.  

Comentários

Leia também

Bahia
Bahia realiza, em 2024, 499 doações de órgãos, representando um aumento de 24%

Bahia realiza, em 2024, 499 doações de órgãos, representando um aumento de 24%

Em junho deste ano, a Bahia realizou o primeiro primeiro transplante de pele do interior,...
Bahia
Mortes violentas têm redução de 13% no primeiro semestre na Bahia

Mortes violentas têm redução de 13% no primeiro semestre na Bahia

Os dados foram apresentados pelas Forcas da Segurança Pública, na manhã desta quarta-feira...
Bahia
Parceria entre governo da Bahia e Banco do Nordeste deve ampliar programa de microcrédito

Parceria entre governo da Bahia e Banco do Nordeste deve ampliar programa de microcrédito

O objetivo é ampliar as unidades do programa e coordenar ações conjuntas entre o BNB...