Mundo

Grupo rouba avião e morre após aeronave cair na Argentina

O monomotor caiu pouco depois de decolar

19/01/2023 16h08
Grupo rouba avião e morre após aeronave cair na Argentina
Foto: Ilustração/Joël Super/Pexels

Cinco pessoas morreram na queda de um avião na província de Chaco, na Argentina. De acordo com as autoridades locais, o grupo invadiu um hangar na manhã de quarta-feira (18) e roubou a aeronave, um Cessna 206. O monomotor caiu pouco depois de decolar. Em meio aos destroços foram encontrados uma arma e notas de guaranis paraguaios.

Os corpos ainda não foram identificados. A origem do dinheiro e um gorro do time Cerro Porteño levaram a polícia argentina a conectar os invasores ao Paraguai.

“Se (o Cessna) caísse na cidade, seria uma tragédia”, afirmou o delegado Sergio Ríos, responsável pela investigação do caso, à rádio local LT7. Ainda segundo a autoridade, a identificação dos corpos será “difícil”, já que o avião foi totalmente consumido pelo fogo após a queda.

Nos destroços, também foi encontrado um telefone satelital, que permitia aos tripulantes continuar conectados com as pessoas em terra durante o voo. O aparelho seria um sinal de “certa organização logística” do grupo que roubou a aeronave, que ainda teve que burlar uma série de alarmes “muito sofisticados” para invadir o hangar em que ela estava guardada.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Mundo
Deslizamento de terra no Peru deixa ao menos 30 mortos e 12 mil desabrigados

Deslizamento de terra no Peru deixa ao menos 30 mortos e 12 mil desabrigados

Há probabilidade de que o número de mortos aumente em regiões onde há mineradoras
Mundo
Número de mortos após terremoto na Turquia e na Síria chega a 3,8 mil

Número de mortos após terremoto na Turquia e na Síria chega a 3,8 mil

Depois do terremoto foram registradas ainda cerca de 50 abalos, entre elas um de magnitude...
Mundo
Sobe para 2,2 mil o número de mortes causadas pela terremoto na Síria e Turquia

Sobe para 2,2 mil o número de mortes causadas pela terremoto na Síria e Turquia

Centenas de vítimas ainda podem estar sob os escombros, principalmente nas pequenas vilas...