Feira de Santana

Grupo planeja construção de Hospital Geral em Feira de Santana

O prédio do Hospital Mater Dei foi escolhido para o novo empreendimento

27/07/2022 09h32
Grupo planeja construção de Hospital Geral em Feira de Santana
Foto: Divulgação

A cidade de Feira de Santana ganhará outros investimentos na área de saúde. A informação é do empresário do Grupo Nobre, Jodilton Souza, que possui empreendimentos na Saúde, Educação, Esportes, Lazer e Agropecuária na cidade. O primeiro investimento anunciado por Jodilton é a transformação do HTO, que foi adquirido pelo grupo recentemente, em um hospital geral.

Segundo ele, o o Instituto Nobre de Cardiologia (Incardio) será transferido para o HTO após o encerramento do contrato com a Santa Casa de Misericórdia de Feira de Santana.

“Eu tinha um contrato com a Santa Casa, do Incardio, que está vencendo agora e através novo provedor, eles resolveram fazer uma série de mudanças e usar a UTI pra todas as especialidades e como está vencendo o contrato nós ficaremos na administração até o 31 de dezembro e a partir daí vamos buscar outras alternativas. Por isso que nós resolvemos comprar o HTO, estamos reformando e o transformando em um hospital geral, onde vamos abrir o pronto atendimento 24 horas e vamos implantar o Incardio, ou seja, a parte de cardiologia.”

Outra novidade é a compra do Hospital Marte Dei pela União Médica, plano de saúde que tem o Grupo Nobre como o maior acionista. De acordo com o empresário no local será construído um hospital geral.

“Como a gente faz parte da direção da União Médica e somos hoje o maior acionista da União Médica, eles compraram a Mater Dei e chegamos a conclusão que lá também vai dar para fazer um hospital geral, porque o espaço é muito bom e já funcionava um hospital com corredores adequados, centro cirúrgico, UTI, ele foi hospital de campanha. Então nós iremos fazer um hospital, possivelmente com o nome da Mater Dei, e que seja usado como a verticalização da União Médica.”

Com relação a um dos últimos investimentos anunciados pelo Grupo Nobre, o prédio Amayo, Jodilton explicou que a possibilidade de transformá-lo em um hospital geral ainda é analisada, devido as reformas que o local terá que passar.

“O Amayo nós estamos em processo de o que vai acontecer, porque porque como lá foi construído pra ser uma Apart hotel, para transformar em um hospital existe uma demanda muito grande que é ampliar os corredores do corredor, mas estamos conversando com a família de Oyama vendo a possibilidade de acontecer ou não.”

Com todos esses empreendimentos sendo planejados, Jodilton afirmou que os hospitais buscam atender também a comunidade acadêmica, alimentando o sonho da implantação do curso de medicina no Grupo Nobre.

“O Grupo Nobre terá alguns hospitais para atender a minha comunidade acadêmica, porque a gente sonha em ter o curso de medicina, e também para atender a nossa cidade, porque os dois maiores hospitais que nós tínhamos agora pertence a grandes grupos.”

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Presidente da Câmara nega dívida de R$ 600 mil de cartão alimentação

Presidente da Câmara nega dívida de R$ 600 mil de cartão alimentação

A divergência sobre quem deve arcar com a dívida gerou uma disputa que agora envolve...
Feira de Santana
Hospital Clériston Andrade se Destaca no 12º Congresso Luso-Brasileiro de Terapia Intensiva

Hospital Clériston Andrade se Destaca no 12º Congresso Luso-Brasileiro de Terapia Intensiva

O evento, que teve o apoio financeiro do Governo do Estado, inicialmente previa a inscrição...
Feira de Santana
Arraiá do Comércio de Feira de Santana terá oito dias de festa

Arraiá do Comércio de Feira de Santana terá oito dias de festa

Uma das novidades desta edição é o treinamento oferecido ao pessoal da agricultura familiar,...