Economia

Governo Lula vai conceder reajuste adicional no salário mínimo a partir de maio

A equipe de Lula quer imprimir sua marca no início do primeiro ano do mandato

15/02/2023 08h00
Governo Lula vai conceder reajuste adicional no salário mínimo a partir de maio
Foto: Marcello Casal Jr

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu oficializar a concessão do reajuste adicional no salário mínimo em 2023. Com isso, o piso nacional deve ser elevado dos atuais R$ 1.302 para R$ 1.320 a partir de 1º de maio — data simbólica por ser Dia do Trabalho.

A possibilidade de um aumento extra no salário mínimo já vinha sendo admitida por integrantes do Ministério da Fazenda nas últimas semanas. Nesta terça-feira (14), a informação foi confirmada pelo o ministro Fernando Haddad, ao ser questionado por jornalistas sobre o assunto que declarou que “o presidente vai anunciar”.

Aliado a isso, fontes palacianas, já confirmam que o novo valor já está alinhado entre Lula e ministros do governo.

O aumento extra, conforme a folha de São Paulo, estava em discussão desde o período da transição, já que a equipe de Lula queria imprimir sua marca no início do primeiro ano do mandato e conceder um reajuste maior do que o originalmente proposto pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Foi inclusive Bolsonaro quem assinou a MP (medida provisória) que fixou o valor atual do salário mínimo, de R$ 1.302, que acabou tendo um reajuste real de 1,4% devido à inflação menor que a projetada inicialmente em 2022.

A equipe de Haddad preferia manter o salário mínimo inalterado em 2023, para evitar maior impacto sobre as contas no momento em que busca melhorar a situação fiscal do país. O principal argumento dessa ala é que o valor, em vigor desde 1º de janeiro, já representa um aumento real em relação ao ano passado.

O custo máximo da medida foi calculado inicialmente em R$ 5,6 bilhões, considerando um cenário de maior número de concessões de aposentadoria no ano. O número foi estimado com base em parâmetros do ano de 2022.

O valor é menor que os R$ 7,7 bilhões calculados inicialmente porque o aumento seria aplicado apenas em oito meses do ano, além do 13º.

*Agência Brasil

Comentários

Leia também

Economia
51 milhões de brasileiros têm ofertas especiais para quitar dívidas, mas desconhecem benefícios

51 milhões de brasileiros têm ofertas especiais para quitar dívidas, mas desconhecem benefícios

Esses indivíduos que desconhecem seus próprios débitos têm 206 milhões de ofertas...
Economia
Fazenda reduz para R$ 18 bi impacto da desoneração da folha em 2024

Fazenda reduz para R$ 18 bi impacto da desoneração da folha em 2024

Segundo o ministro Fernando Haddad, governo precisa de projeto aprovado antes do recesso ...
Economia
Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix

Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix

Dados protegidos pelo sigilo bancário não foram expostos