Feira de Santana

Governo do Estado apoia catadores e catadoras de recicláveis na Micareta de Feira

No primeiro dia de projeto já foram cadastrados mais de 70 profissionais autônomos, além de 60 cooperados envolvidos na ação

20/04/2024 09h19
Governo do Estado apoia catadores e catadoras de recicláveis na Micareta de Feira
Foto ilustrativa: Manu Dias/GOVBA

Começou na quinta-feira (18) a Micareta de Feira de Santana, entre trios e shows de grandes nomes da música baiana, o Governo do Estado também se faz presente com investimentos voltados para a inclusão social e gestão sustentável dos resíduos sólidos. É o projeto “Micareta Sustentável e Solidária” levando, ao circuito Maneca Ferreira, melhores condições de trabalho e geração de renda para catadores e catadoras de materiais recicláveis, uma parceria com a Associação Regional de Trabalhadores em Materiais Recicláveis de Feira de Santana e Municípios Vizinhos (Artemares) e a ONG Centro de Arte e Meio Ambiente (Cama).

No primeiro dia de projeto já foram cadastrados mais de 70 profissionais autônomos, além de 60 cooperados envolvidos na ação, que receberam orientações, fardamento adequado (calça, camisa, boné) e equipamentos de proteção individual (botas, luvas e protetores auriculares). A estimativa é que cerca de 300 catadores passem pela Central de Valorização e Inclusão dos Catadores de Materiais Recicláveis, na Avenida Presidente Dutra.

Na abertura das atividades, o governador Jerônimo Rodrigues visitou o espaço, verificou a estrutura de atendimento e conversou com os catadores de materiais recicláveis.

“Essa é uma iniciativa muito importante da nossa gestão, não apenas para a preservação do meio ambiente, mas também para a promoção da inclusão social e econômica desses trabalhadores. É um projeto que fortalece a cultura da reciclagem e a melhoria das condições de trabalho e geração de renda para muitas mães e pais de família, que atuam durante a Micareta.

Representando a Secretaria do Meio Ambiente (Sema), a superintendente de Inovação e Desenvolvimento Ambiental, Vânia Almeida, reiterou o compromisso do Governo da Bahia em liderar iniciativas que unem tradição cultural, responsabilidade social e ambiental.

“Os catadores de recicláveis são importantes prestadores de serviços ambientais e a Sema tem articulado parcerias e investimentos para valorização deste trabalho. Estamos trazendo para Feira de Santana uma experiência que já é sucesso nos carnavais de Salvador, uma ação que retira das ruas materiais que iriam para aterros, lixões, ou até mesmo, para rios e áreas verdes das cidades”. 

O projeto “Micareta Sustentável e Solidária” é um exemplo de como eventos de grande escala podem adotar práticas mais verdes e inclusivas, alinhando diversão com responsabilidade social e ambiental. O material recolhido, a exemplo de latinhas de alumínio e garrafas plásticas, será destinado à reciclagem fortalecendo a economia circular.

A ação envolve as secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), do Meio Ambiente (Sema), de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), além do Ministério Público do Trabalho da Bahia e o Fórum Estadual Lixo e Cidadania do Estado da Bahia (FLC-BA).

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Procurador Geral de Justiça da Bahia recebe título de cidadão feirense

Procurador Geral de Justiça da Bahia recebe título de cidadão feirense

Pedro Maia é homenageado pela Câmara Municipal de Feira de Santana por seus serviços...
Feira de Santana
Ações educativas em Feira de Santana marcam início da Semana do Meio Ambiente

Ações educativas em Feira de Santana marcam início da Semana do Meio Ambiente

Uma miniestação de tratamento mostra como é feito o processo para tornar a água potável...
Feira de Santana
Feira confirma o primeiro caso de Febre Oropouche

Feira confirma o primeiro caso de Febre Oropouche

A amostra foi encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen)...