Educação

Governo da Bahia e UFRB assinam acordo para criação de espaço referência em tecnologia assistiva e acessibilidade

Dentre as propostas do Ertaa estão cursos de capacitação para professores, estudantes e profissionais sobre a importância da tecnologia assistiva e acessibilidade para a inclusão de pessoas com deficiência nos espaços públicos.

02/12/2022 11h32
Governo da Bahia e UFRB assinam acordo para criação de espaço referência em tecnologia assistiva e acessibilidade
Foto: Ascom/SJDHDS

Um Acordo de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), para viabilizar a criação do Espaço Regional de Referência em Tecnologia Assistiva e Acessibilidade (Ertaa), foi firmado na última quarta-feira (30), na sede da SJDHDS, em Salvador.

Presente no ato, o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, explicou que o ato vai fomentar a produção de tecnologia voltada às pessoas com deficiência, promover pesquisas e garantir a efetivação e a ampliação dos direitos das PCDs na Bahia. “O Ertaa será pioneiro no Brasil e tenho certeza que nos tornaremos referência”, afirmou ele.  

Dentre as propostas do Ertaa estão cursos de capacitação para professores, estudantes e profissionais sobre a importância da tecnologia assistiva e acessibilidade para a inclusão de pessoas com deficiência nos espaços públicos. A parceria entre as instituições ocorre por meio da Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef), do Centro de Ciências e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (Cetens/UFRB), da Organização Ibero-Americana de Seguridade Social (OISS), com sede em Madri, e da Prefeitura de Feira de Santana.

“Essa parceria abre um caminho muito interessante para fortalecer as atividades que desenvolvemos na universidade, principalmente em relação ao curso de tecnologia e acessibilidade, e atende a uma demanda importante, o direito à acessibilidade”, observou o reitor da UFRB, Fábio Josué Souza.

Também presente no ato de assinatura, a professora Luciene Gomes, do Cetens/UFRB, lembrou que a tecnologia assistiva é um direito e caminho de concretização de direitos humanos e de justiça. “Sabemos o quanto isso faz diferença na vida de uma pessoa com deficiência. Acredito que esse é o começo de trabalho incrível e lindo. Estou cheia de esperança e alegria”, disse ela.

Fonte: Ascom/SJDHDS

Comentários

Leia também

Educação
Encontro Nacional de Casas de Estudantes acontece na Uefs até terça-feira (31 )

Encontro Nacional de Casas de Estudantes acontece na Uefs até terça-feira (31 )

O evento é uma realização do Movimento de Casas de Estudantes (MCE),
Educação
Uefs abre seleção para vagas remanescentes de graduação

Uefs abre seleção para vagas remanescentes de graduação

Há oportunidades para diversos cursos de graduação, como Administração, Ciências...
Educação
Nova escola na comunidade de Água Grande deve ser entregue em março