Bahia

Governo da Bahia anuncia nova redução do ICMS sobre combustíveis

Bases de cálculo, que foram congeladas em novembro, passam a vigorar com valores mais baixos.

01/07/2022 18h06
Governo da Bahia anuncia nova redução do ICMS sobre combustíveis

O governo da Bahia publicou um decreto, nesta sexta-feira (1°), que reduziu, mais uma vez, as bases de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis. De acordo com o órgão, a medida foi tomada após análise dos preços médios de referência dos últimos 60 meses.

Com isso, segundo o governo, as bases de cálculo sobre as quais incide o imposto estadual, que estavam congeladas desde novembro de 2021, passam a vigorar a partir de julho com valores mais baixos.

O preço de referência para o litro de gasolina, que era R$ 6,5000 até quinta-feira (30), agora está fixado em R$ 4,9137, o que representa uma redução de 24,4%.

Para o litro de diesel S10, o valor foi reduzido de R$ 5,4100 para R$ 3,9963 (queda de 26,24%). Já o do quilo do gás de cozinha (GLP) saiu de R$ 5,8900 para R$ 5,3451 (queda de 9,33%).

Com as reduções, de acordo com a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), os preços ao consumidor final devem ser reduzidos pelo mercado em R$ 0,46 na gasolina, R$ 0,25 no óleo diesel e R$ 0,78 no botijão de gás de cozinha.

O governo informou que a redução foi promovida após a publicação dos convênios ICMS 81/22, 82/22 e 83/22 pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Ela definiu as bases de cálculos do imposto para substituição tributária a partir dos critérios estabelecidos pela Lei Complementar 192/22.

As bases de cálculo do etanol hidratado e do GNV continuam com os valores congelados em 1° de novembro.

Em nota divulgada nesta sexta, o governo da Bahia afirma que apenas a nova redução dos preços de referência para cobrança do ICMS nos combustíveis representa uma perda de arrecadação de R$ 400 milhões mensais para o Estado da Bahia, ou R$ 2,4 bilhões até o final de 2022.

Esta perda, de acordo com o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, soma-se às que foram contabilizadas pelo Estado desde o início do congelamento.

Conforme o governo, a Petrobras tem continuado a promover sucessivos reajustes nos preços das refinarias. Isso, na visão do órgão, impede que os preços caiam de forma sustentável nos postos de combustíveis.

*G1 Bahia

Comentários

Leia também

Bahia
SAC abre neste sábado em atendimento especial para emissão de RG na Bahia

SAC abre neste sábado em atendimento especial para emissão de RG na Bahia

Ação acontece em postos da capital e do interior do estado
Bahia
Carnaval baiano deve movimentar R$ 2,4 bi de economia, segundo Fecomércio-BA

Carnaval baiano deve movimentar R$ 2,4 bi de economia, segundo Fecomércio-BA

Entidade avalia que entraves como inflação e inadimplência deixará o faturamento global...
Bahia
Bahia receberá nova remessa de vacinas Pfizer Baby e Pfizer pediátrica

Bahia receberá nova remessa de vacinas Pfizer Baby e Pfizer pediátrica

Ao todo serão 50 mil doses da Pfizer pediátrica e 300 mil da Pfizer baby.