Educação

Governo baiano proíbe cobrança para aplicação de segunda chamada de provas em escolas

Nova legislação é fruto do PL do deputado estadual Tiago Correia (PSDB)

07/09/2023 07h46
Governo baiano proíbe cobrança para aplicação de segunda chamada de provas em escolas
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) publicou nesta quarta-feira (6) a lei que proíbe as escolas particulares de cobrar uma taxa para aplicação da segunda chamada de provas aos estudantes que justificarem ausência por motivo de saúde, caso fortuito ou força maior. A nova regulamentação de nº 14.622, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), com o aval do secretário da Casa Civil, Afonso Florence.

Deste modo, segundo a lei, as instituições de ensino não poderão impedir o aluno de realizar provas, testes, exames ou outras formas de avaliação, por falta de pagamento prévio, sendo específico para esta demanda ou relativo às mensalidades em geral.

O descumprimento obriga o “infrator a ressarcir em dobro e correções monetárias ao estudante, o valor cobrado abusivamente”.

A nova legislação é fruto do projeto de lei do deputado estadual Tiago Correia (PSDB), membro do bloco de oposição da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Educação
Museu Casa do Sertão realiza mais uma edição do Sábado Divertido

Museu Casa do Sertão realiza mais uma edição do Sábado Divertido

A ação contará com a visita dos membros do Gasp - Grupo da Árvore e o Segredo do Passarinho,...
Educação
Farmacologia Clínica e Anestesiologia são temas de simpósio gratuito da Unex

Farmacologia Clínica e Anestesiologia são temas de simpósio gratuito da Unex

Evento é promovido pelos estudantes do curso de Medicina e contará com nomes importantes...
Educação
MEC premia iniciativas de gestão e boas práticas

MEC premia iniciativas de gestão e boas práticas

Foram selecionados 34 finalistas de todas as regiões do país