Política

Genial/Quaest: Lula lidera intenções de voto com 12 pontos de frente

Em relação à sondagem anterior, petista e o presidente Jair Bolsonaro avançaram ambos um ponto, dentro da margem de erro

17/08/2022 08h03
Genial/Quaest: Lula lidera intenções de voto com 12 pontos de frente
Foto: Divulgação/ montagem

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida eleitoral com 45% das intenções de voto, de acordo com pesquisa da Quaest divulgada nesta quarta-feira (17). O resultado representa uma frente de 12 pontos para o segundo colocado, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), que tem 33%. Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) aparecem com 6% e 3%.

Em comparação à sondagem anterior, Lula tinha 44%, avançando um ponto percentual, dentro da margem de erro de dois pontos. Jair Bolsonaro, que possuia 32%, fez movimento semelhante. A pesquisa foi encomendada pela Genial Investimentos.

Felipe d’Avila (Novo), José Maria Eymael (DC), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB), Soraya Thronicke (União Brasil) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram na pesquisa desta quarta. Brancos, nulos ou não votarão somaram 6% dos dois mil entrevistados, mesmo percentual de indecisos. Os números correspondem à pesquisa estimulada.

Com 95% de confiança, a sondagem foi feita entre os dias 11 e 14 deste mês, com entrevistas presenciais. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01167/2022.

No cenário simulado para o segundo turno, conforme a Genial/Quaest, Lula venceria com 51% dos votos totais, contra 38% de Jair Bolsonaro. Neste caso, 4% estão indecisos e 7% afirmaram que não irão votar ou optarão por branco ou anular o voto.

Comentários

Leia também

Política
Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Presidente eleito se reuniu com conselheiro dos EUA
Política
Paulo Guedes é sondado para integrar governo de Tarcísio em São Paulo

Paulo Guedes é sondado para integrar governo de Tarcísio em São Paulo

Não houve, no entanto, um convite formal, já que Guedes ainda não sinalizou se aceitaria...