Bahia

Filme do Governo do Estado sobre inclusão recebe prêmio internacional de publicidade

Também fez parte da campanha digital a trend “é óbvio”, mostrando que o jovem com Down pode fazer o que quiser

10/04/2024 17h28
Filme do Governo do Estado sobre inclusão recebe prêmio internacional de publicidade
Foto: divulgação

O filme ‘Síndrome de Down’, veiculado nas plataformas de mídia social, foi reconhecido no prestigiado festival Prémios Lusófonos da Criatividade, sediado em Portugal.

A peça foi agraciada com a Prata, na categoria Digital React; e Bronze, na categoria Filme. Na mesma premiação, outros dois vídeos (‘Boxe’ e ‘Esporte na Cidade’) do Governo da Bahia também levaram o Bronze, na categoria Filme. O Prémios Lusófonos é o único evento global dedicado exclusivamente ao reconhecimento dos países de língua oficial portuguesa.

Enfatizando o respeito pelas diferenças e a inclusão social, o filme ‘Síndrome de Down’, produzido pela agência Morya Comunicação, foi idealizado para homenagear o Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado em 21 de março, e se junta a outras campanhas do Governo do Estado que já receberam destaque nacional e internacional. De acordo com o secretário estadual de Comunicação, André Curvello, as políticas de inclusão, combate ao preconceito e cuidado com as pessoas com deficiências são prioritárias, conforme determinação do governador Jerônimo Rodrigues.

“Este prêmio, que se junta a uma série de outros que conquistamos nos últimos anos, mostra que, com muito trabalho e dedicação, estamos conseguindo traduzir bem, na comunicação, essas mensagens e ações que são de fundamental importância para que, junto com os baianos e baianas, possamos construir uma sociedade mais justa e inclusiva”, declarou Curvello.

O vídeo premiado é parte de uma campanha digital, utiliza a estratégia conhecida como “react” e mostra o jovem Rodrigo, que é uma pessoa com Síndrome de Down, reagindo ao assistir a um outro vídeo, também produzido pelo Governo do Estado, que trata sobre inclusão. No filme que Rodrigo assiste, o que, aparentemente, era uma cena de preconceito, é, na verdade, uma festa surpresa para um jovem estudante.

“Onde tem afeto tem inclusão. E só com inclusão que a gente vai em frente, sem deixar ninguém para traz”, afirma a narração que encerra a peça. Também fez parte da campanha digital a trend “é óbvio”, mostrando que o jovem com Down pode fazer o que quiser.

Comentários

Leia também

Bahia
Presidente da Câmara de Vereadores do recôncavo da Bahia é agredido em tentativa de assaltos na capital

Presidente da Câmara de Vereadores do recôncavo da Bahia é agredido em tentativa de assaltos na capital

Chico de Dega estava em Salvador para participar de uma reunião com um deputado estadual,...
Bahia
MPF visitou escolas e ouviu população de Anguera sobre situação da educação no município

MPF visitou escolas e ouviu população de Anguera sobre situação da educação no município

Debate abordou escola em tempo integral, conectividade, transporte escolar, merenda, fardamento...
Bahia
Pré-candidato à prefeito de Santo Estevão fala sobre renovação política e união da oposição

Pré-candidato à prefeito de Santo Estevão fala sobre renovação política e união da oposição

Tiago Dias mostrou-se confiante em enfrentar as máquinas municipal, estadual e federal....