Esporte

Federação Francesa envia carta para argentinos e reclama de provocações feitas na Copa

O presidente da FFF elogiou Mbappé e reforçou que os jogadores franceses merecem ser apoiados apesar da derrota na final

23/12/2022 23h10
Federação Francesa envia carta para argentinos e reclama de provocações feitas na Copa
FOTO: MONTAGEM R7/ REPRODUÇÃO

O presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noël Le Graet, informou à imprensa francesa, na última quinta-feira (22), que escreveu uma carta para o presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia. O motivo da carta são as provocações feita pelos argentinos na comemoração da conquista da Copa do Mundo, após a vitória contra a França.

“Vejo como anormais esses excessos em uma competição esportiva e não consigo compreendê-los. Foram longe demais. O comportamento de Mbappé foi exemplar”, disse Le Graet, que também afirmou estar chocado com as provocações aos jogadores franceses.

“São garotos que deram o melhor de si para o sucesso da seleção francesa. É importante que os apoiemos”, completou.
Logo após a entrega do troféu, os jogadores argentinos seguiram para o vestiário do estádio Lusail, no Catar. Em um vídeo publicado na internet, o goleiro da Argentina Emiliano Martínez provocou o camisa 10 da França, ao dizer: “Um minuto de silêncio… por Mbappé”. Na festa do tricampeonato em Buenos Aires, o arqueiro carregou o boneco de um bebê e cobriu o rosto com a foto do francês, que foi o artilheiro da Copa.

Além das provocações feitas em campo e no vestiário, parte dos torcedores argentinos invadiram as contas nas redes sociais dos jogadores franceses Kingsley Coman, Aurélien Tchouaméni e Randal Kolo Muani para fazer comentários racistas.

A FFF expressou repudiou a atitude e escreveu nas redes sociais que prestariam queixa contra os autores dos comentários. O Bayern de Munique, clube alemão defendido por Coman, condenou o racismo e mostrou apoio ao camisa 11.

O ministro da Economia da França, Bruno Le Maire, também desaprovou a atitude dos argentinos na vitória do Mundial. Em entrevista a uma rádio francesa, ele declarou que as ações da seleção adversária foram “indignas”.

“O que a Fifa faz? O esporte é fair-play, é respeitar os demais, respeitar quem perdeu, não acrescentar insulto à decepção”, disse Le Maire.

A Argentina se tornou tricampeã do mundo ao vencer os franceses nos pênaltis. Num jogo eletrizante, as duas seleções terminaram o tempo regular da partida empatadas no 2 a 2. Durante a prorrogação, cada equipe marcou mais um gol, e a decisão foi para os pênaltis. Nas cobranças, os franceses Tchouaméni e Coman erraram os chutes. Com a vantagem de 4 a 2, os argentinos venceram e levantaram o troféu de campeões.

*R7

Comentários

Leia também

Esporte
Vitória vence Jacobinense por 2×0 e volta a brigar por G4 no Baianão
Esporte
Vitória recebe Jacobinense pelo Baianão nesta quinta

Vitória recebe Jacobinense pelo Baianão nesta quinta

Partida acontece no Barradão às 19h15
Esporte
De virada, Bahia vence Barcelona de Ilhéus por 2×1

De virada, Bahia vence Barcelona de Ilhéus por 2×1

Partida aconteceu na noite desta quarta-feira (1)