Feira de Santana

Familiares de pacientes do CAPS AD traçam metas para 2023

Encontro aconteceu no Parque da Lagoa

14/12/2022 17h40
Familiares de pacientes do CAPS AD traçam metas para 2023
Fotos: Roberta Costa

Familiares e amigos de pacientes do CAPS Álcool e Drogas Dr. Gutemberg Almeida (CAPS AD), se reuniram nesta quarta-feira (14), no Parque Erivaldo Cerqueira, mais conhecido como Parque da Lagoa, para fazer uma confraternização e traçar novos projetos para o ano que está por vir.

Eles fazem parte do Grupo de Família do CAPS AD, que se reúne quinzenalmente, realizando atividades terapêuticas e com ênfase a importância da presença da família no tratamento de pessoas que sofrem com dependência do álcool, tabaco e outras drogas.

“Aqui a gente encontra uma segunda família. Meu filho já fez acompanhamento no CAPS e hoje está internado, mas continuo participando das atividades, pois aqui encontro pessoas para compartilhar e lutar pela recuperação deles”, afirma o aposentado José Alberto Silva, 77 anos.

O suporte e o acolhimento da família, comprovadamente, fazem com que o paciente tenha mais assiduidade e comprometimento com o tratamento.

“Esses grupos são extremamente importantes, pois faz com aquele familiar consiga lidar com o paciente de oura maneira, mostrando que ele não está sozinho. Essa atividade ao ar livre também faz parte do nosso cronograma de atividades, mudando o ambiente, em um local tão bonito, para que possamos compartilhar vivencias, vitórias e derrotas que aconteceram ao longo do ano”, destaca a assistente social Orneide Lima Leal.

Durante a confraternização, também foi realizada uma dinâmica onde os presentes puderam expressar seus sentimentos, como raiva, alegria, amor e medo. São 9 mil pacientes cadastrados no CAPS AD. No município, são 42.727 pessoas cadastradas em um dos cinco CAPS, com transtornos mentais, como ansiedade, depressão e distúrbios comportamentais provocados pelo uso de substâncias psicoativas (álcool e outras drogas).

O atendimento é prestado por uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, fonoaudiólogos e psiquiatras. Em Feira de Santana, mais de 38 mil pessoas recebem atendimento psicológico nos CAPS.

Pessoas com transtornos mentais leves devem procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (USFs). Os casos moderados e graves são atendidos nos CAPS, que oferecem demanda espontânea ou agendada.

CONFIRA O ENDEREÇO DOS CAPS:
CAPS II Silvio Marques: Rua Alcântara nº 100, bairro Mangabeira, tel: 3626-1060

CAPS II Oscar Marques: Rua Comandante Almiro, nº 1170, bairro Serraria Brasil, tel: 3614-6595.

CAPS III João Carlos Lopes Cavalcante: Rua Francisco Martins da Silva, nº 239, bairro Ponto Central, tel: 3612-4555.

CAPS Osvaldo Brasileiro Franco (CAPS Infantil): Rua Alameda das Pedras S/N. Olhos D’água (Próximo a Arena Senador), tel: 3612-4556.

CAPS Álcool e Drogas Dr. Gutemberg Almeida (CAPS AD): Rua Paris número 41, Santa Mônica.

*Secom

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Prefeitura de Feira amplia para 592 vagas do concurso público

Prefeitura de Feira amplia para 592 vagas do concurso público

A medida consta em edição do Diário Oficial Eletrônico desta sexta-feira (21).
Feira de Santana
Dia do Skate: destaques em Feira recebem moção de aplausos da Câmara

Dia do Skate: destaques em Feira recebem moção de aplausos da Câmara

Moções de Aplauso, protocoladas na Câmara Municipal de Feira de Santana, homenageiam...
Feira de Santana
Líderes empresariais de Feira de Santana criticam possível aumento do ICMS pelo Governo do Estado

Líderes empresariais de Feira de Santana criticam possível aumento do ICMS pelo Governo do Estado

Marco Silva destacou ainda a preocupação com os efeitos econômicos negativos desses...