Bahia

Estado tem o maior número de internação de bebês por desnutrição

Em 2022, país teve 2.754 internações de bebês com menos de 1 ano

25/01/2023 06h57
Estado tem o maior número de internação de bebês por desnutrição
Foto: Arquivo / Agência Brasil

No ano passado, o Sistema Único de Saúde (SUS) registrou 2.754 internações de bebês com menos de 1 ano por desnutrição. O levantamento é do Observatório de Saúde na Infância (Observa Infância), com dados do Sistema de Informações Hospitalares (SHI) do Ministério da Saúde, e equivale a sete internações por dia, em todo o país.

O estado da Bahia e a capital Salvador lideraram o ranking de maior número de hospitalizações, com 480 e 159, respectivamente. Cristiano Boccolini, coordenador do Observa Infância, destaca a desigualdade entre as regiões e as cidades brasileiras:

“Enquanto o Nordeste registrou 1.175 hospitalizações em 2022, o Norte realizou 328 internações pelas mesmas causas no ano passado. Olhando para as capitais, temos Salvador com 159 hospitalizações e Cuiabá com apenas uma”.

O pesquisador do Laboratório de Informação em Saúde do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) pondera que os dados coletados no SIH ainda podem sofrer alterações, devido ao tempo necessário para finalizar os registros no sistema.

“No cenário atual, embora o sistema registre uma pequena redução no número de internações de bebês menores de 1 ano por desnutrição no país de 2021 para 2022, de 2.946 para 2.754 hospitalizações, podemos considerar que a tendência se mantém – o que é preocupante”.

*Bahia.ba

Comentários

Leia também

Bahia
Relatório de Execução do PPA Estadual aponta investimento de R$ 10 bilhões

Relatório de Execução do PPA Estadual aponta investimento de R$ 10 bilhões

A produção do relatório do PPA, que está sob a responsabilidade da Secretaria Estadual...
Bahia
Abastecimento será interrompido nesta quinta-feira (9) na região de Amélia Rodrigues

Abastecimento será interrompido nesta quinta-feira (9) na região de Amélia Rodrigues

O serviço de interligação será executado pela Coelba a partir das 8h da manhã
Bahia
Jerônimo e secretária de educação explicam como escolas funcionarão aos finais de semana