Feira de Santana

Especialistas alertam para o alto índice de obesidade infantil

Para especialistas, os principais pontos a serem abordados nas campanhas são a urgência na melhora do perfil alimentar das crianças e o estímulo a atividades físicas.

05/06/2022 12h00
Especialistas alertam para o alto índice de obesidade infantil
Foto: Agência Brasil

Os dados relativos à obesidade infantil são alarmantes. O índice cresceu oito vezes em quatro décadas e a doença hoje é considerada um dos maiores problemas de saúde pública pediátrica. De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), o número de crianças obesas no mundo deve chegar a 75 milhões até 2025. No Brasil, por exemplo, uma em cada três crianças, entre cinco e nove anos, está acima do peso, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Como forma de dar visibilidade ao tema e alertar a população sobre a necessidade da prevenção, foi estabelecido o Dia da Conscientização Contra a Obesidade Mórbida Infantil, que transcorre em 3 de junho. Para especialistas, os principais pontos a serem abordados nas campanhas são a urgência na melhora do perfil alimentar das crianças e o estímulo a atividades físicas.

O médico ortomolecular, Caiaque Petronilo, da Clínica da Obesidade, especialista no tratamento da doença, destaca que a mudança do padrão alimentar, associada à reduzida prática de atividades recreativas, é o fator que mais contribui para este cenário. “As crianças estão cada vez menos interessadas em se exercitar e a pandemia piorou ainda mais. Ficaram mais ansiosas, angustiadas, sem poder ir à escola, com menos atividades ou nenhuma”.

Para ele, o que se pode fazer para reverter a situação, é evitar oferecer refrigerantes, biscoitos, salgadinhos e doces, bem como tirar as crianças da frente das telas, incentivando atividades ao ar livre. “O ideal é deixar esse tipo de produto para as exceções, nos finais de semana, por exemplo, e tornar as crianças mais ativas. A pandemia contribuiu muito para esse sedentarismo. Mas, agora, seria bom matricular em escolinhas de esportes, para fazer atividades regulares”.

A nutricionista Bruna Chaves, do IRSI (Instituto de Responsabilidade Social INTS), revela que cada vez mais crianças estão ingressando no ensino fundamental com sobrepeso e obesidade, e isso precisa ser freado. “A conscientização de uma boa alimentação começa na introdução alimentar, com o estímulo ao consumo de verduras e legumes, através de preparações caseiras, evitando industrializados”.

Bruna explica que o excesso de peso infantil reflete diretamente no acometimento de doenças crônicas como diabetes, hipertensão e até mesmo no aumento do risco da mortalidade infantil, sem contar com os danos psicológicos, como baixa autoestima e transtorno alimentar.

Pensando nisso, o IRSI realiza mensalmente ação de nutrição em escolas da rede pública de ensino de Salvador. Durante o encontro, é realizado um mapeamento do perfil nutricional e avaliação do consumo alimentar de cada estudante, bem como atividades educativas. “Nós levamos as informações de forma mais lúdica e participativa, para que as próprias crianças tenham consciência do que é mais saudável e aprendam desde cedo a fazer boas escolhas”.

No mesmo viés, a Clínica da Obesidade também trabalha o lado lúdico durante o tratamento. O paciente recebe todo suporte nutricional adequado para a idade, com aulas bem dinâmicas para entender melhor o processo. De acordo com Petronilo, as atividades são definidas de acordo com o perfil de cada criança, com recreações, exercícios com bola e na areia, por exemplo. “Tudo é pensado para estimular as crianças a conseguirem se alimentar melhor, se exercitando, para alcançarem o objetivo do tratamento da obesidade, que é perder peso. E o melhor, quase sempre sem uso de medicação”, finalizou.

Fonte: Ascom

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Folia de Reis Magos da Cidade da Cultura celebra diversidade cultural

Folia de Reis Magos da Cidade da Cultura celebra diversidade cultural

Idealizado por Asa Filho, conhecido como mestre da cultura popular, o projeto visa manter...
Feira de Santana
Micareta de Feira de Santana homenageará Jorge de Angélica, ícone do reggae baiano

Micareta de Feira de Santana homenageará Jorge de Angélica, ícone do reggae baiano

Jorge faleceu no ano passado, deixando um legado artístico e cultural marcante.
Feira de Santana
Micareta de Feira terá esquema de segurança ampliado e ações de saúde em todos os dias de festa

Micareta de Feira terá esquema de segurança ampliado e ações de saúde em todos os dias de festa

Durante evento, nesta terça (9), com a presença do governador, foi anunciado um efetivo...