Educação

Escolas municipais serão abastecidas com merenda a partir do dia 13

Proteínas como frango e carne de charque no cardápio do estudante

06/03/2023 17h03
Escolas municipais serão abastecidas com merenda a partir do dia 13
Foto: Secom

As 207 escolas da rede municipal vão começar a receber os suprimentos da alimentação para a volta às aulas, a partir da próxima semana. O ano letivo inicia dia 29. O planejamento da Secretaria Municipal de Educação (Seduc) para 2023 também passa pelas despensas e cozinhas das unidades de ensino.

São itens com valor nutricional para atender as necessidades do estudante. Haverá muitas cores e diversidade no prato, seguindo orientações de nutricionistas. Alimentos da agricultura familiar também estão garantidos.

Nesta primeira etapa de distribuição, que tem início na próxima segunda-feira (13), as escolas vão receber proteínas, como frango e carne de charque. A partir do dia 20, as unidades estarão sendo abastecidas com polpas de fruta e produtos não perecíveis, a exemplo de cereais, farinhas de milho, tapioca e de mandioca, macarrão, arroz, temperos secos e outros.

A partir do dia 29, produtos de hortifruti serão entregues por conta da conservação. São itens oriundos da agricultura familiar, vindos do campo direto para as escolas [frutas, legumes, verduras e hortaliças], entre eles: abóbora, aipim, banana da prata, batata doce, beterraba, cebola, cebolinha, cenoura, chuchu, couve, limão, melancia, pimentão e tomate.

O Governo Municipal segue rigorosamente as recomendações do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) sob o acompanhamento técnico de uma equipe de nutricionistas da Divisão de Apoio ao Estudante – setor responsável pela alimentação escolar, que coordena o cardápio, merendeiras, aquisição dos itens e logística de distribuição.

PLANEJAMENTO ANTECIPADO

A secretária municipal de Educação, Anaci Paim, afirma que a Prefeitura de Feira de Santana realizou todas as licitações referentes à alimentação escolar antecipadamente. “Os contratos já foram assinados e estão segmentados de acordo com a especificação do produto. A variedade dos itens foi pensada para que seja uma alimentação variada e nutritiva”. A distribuição do gás de cozinha também está regularizada.

“A ‘merenda’ é adaptada de acordo com o segmento escolar: creche/educação infantil, ensino fundamental I – anos iniciais e ensino fundamental II – anos finais/EJA”, pontua a chefe da Divisão de Apoio ao Estudante, Carlyane Silva Ataíde.

*SECOM PMFS

Comentários

Leia também

Educação
MEC prorroga prazos de programa de formação de professores

MEC prorroga prazos de programa de formação de professores

Programa oferece os cursos às instituições de ensino superior federal ou comunitário...
Educação
Projeto Sucesso Escolar promove ações estratégicas para evitar evasão nas escolas

Projeto Sucesso Escolar promove ações estratégicas para evitar evasão nas escolas

Entre outras coisas, a ação busca assegurar o direito pleno à educação a todos os...
Educação
Investimento em novas escolas deve ultrapassar um bilhão de reais, anuncia governador

Investimento em novas escolas deve ultrapassar um bilhão de reais, anuncia governador

Investimento faz parte de um Programa de Aceleração do Crescimento