Feira de Santana

Empreendedorismo feminino promove liberdade, dizem especialistas

Durante roda de conversa, especialistas destacam desafios e potenciais do público feminino dentro do cenário empreendedor.

08/03/2023 15h59
Empreendedorismo feminino promove liberdade, dizem especialistas
Foto: Jornal do Meio Dia

De acordo o Sebrae e a Pesquisa Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), o Brasil é o sétimo país com o maior número de mulheres empreendedoras no mundo. Os dados chamam atenção para o potencial criativo do público feminino.

Dos 52 milhões de empreendedores no país, 30 milhões (48%) são mulheres. Durante roda de conversa especial do Dia da Mulher ocorrida no Jornal do Meio Dia (Princesa Fm), a técnica e analista do Sebrae, Marília Enéas, destacou que o empreendedorismo feminino pode ser um sinônimo de liberdade financeira.

“O empreendedorismo é uma ferramenta de liberdade. Infelizmente, várias mulheres se submetem a relacionamentos abusivos porque dependem financeiramente dos seus maridos. Eu vejo isso acontecer com mulheres que precisam empreender para completar renda do marido e percebem que conseguem gerar renda com o empreendedorismo e tomar diferentes decisões. Esse processo de autodescobrimento é uma etapa importante, pois ela percebe que consegue sim fazer um negócio bem feito e que não precisa de um homem para fazer tudo por ela ”, afirma

Em Feira de Santana, a vereadora Eremita Mota fez história no cenário político ao se tornar a primeira mulher a presidir a Câmara de Vereadores. Para a parlamentar, a insegurança e o medo são desafios constantes que precisam ser superados dentre o público feminino.

“A mulher precisa ter coragem para vencer o medo, colocar na cabeça o objetivo, a vontade de conquistar e estar inserida. É preciso pensar no que te perturba e enfrentar os desafios. No momento que uma mulher decide começar a empreender, ela deixar de ter alguns conflitos no seu dia a dia. Ela deixa de se submeter a comportamentos abusivos e se torna mais independente”, pontua. 

Segundo a neuropsicóloga Ana Rita Antunes, o medo muitas vezes já nasce junto às mulheres devido ao contexto social, pois o público tende a associar a figura feminina somente à funções domésticas e ao trabalho materno.

“As mulheres sentem muito medo por serem completamente cobradas e desafiadas de forma negativa. É como se a sociedade pagasse pra vê-las errar. Então quando a mulher aceita o desafio de dirigir um transporte pesado, por exemplo, as pessoas ao redor já pensam que não vai dá certo porque aquilo foi ‘feito para um homem’. Assim, a mulher sente pressão de toda a sociedade”, destaca.

LEI DE IGUALDADE SALARIAL

Até o ano de 2019, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 65% da mão de obra geral do mercado ainda é masculina, em comparação com 45% feminina. Ainda segundo o levantamento, as trabalhadoras brasileiras podem receber até 20% a menos que os homens, mesmo quando exercem a mesma função e com o mesmo nível de escolaridade.

Visando reparar o cenário, nesta quarta-feira (8), o presidente Lula assinou o Projeto de Lei (PL) que estabelece igualdade salarial para homens e mulheres que exerçam a mesma função no trabalho.

“A ansiedade agora é que, de fato, aconteça, porque muitas mulheres reclamam, e elas tem razão de reclamar. Muitas mulheres tem a jornada de trabalho maior que a de um homem, mas ainda há essa cultura de receber menos. Acredito que essa lei vem para melhorar e a sociedade toma consciência cada vez mais dessa pauta”, comenta a vereadora Eremita Mota.

Até 2020, diferença de remuneração entre os gêneros estava em queda, mas voltou a subir no Brasil e atingiu 22% no fim de 2022, segundo o IBGE. A PL sancionada é uma das novas medidas geradas pelo governo federal para apoiar mulheres brasileiras.

Comentários

Leia também

Feira de Santana
Interrupção durante coletiva do prefeito Colbert Martins Filho gera tensão durante o Bloco Zero Hora

Interrupção durante coletiva do prefeito Colbert Martins Filho gera tensão durante o Bloco Zero Hora

Jornalistas presentes relatam que a situação ocorreu após um questionamento feito ao...
Feira de Santana
Secretária será convocada pela Câmara para esclarecer descumprimento do piso salarial da enfermagem 

Secretária será convocada pela Câmara para esclarecer descumprimento do piso salarial da enfermagem 

O requerimento é de autoria da Comissão de Saúde da Casa Legislativa.
Feira de Santana
Ao lado de Amado Batista, Murilo Bregão atrai multidão, em Feira

Ao lado de Amado Batista, Murilo Bregão atrai multidão, em Feira

O ritmo brega fez sucesso entre o público