Política

Embaixador da União Europeia condena ataques em Brasília e presta solidariedade ao STF

Em suas redes sociais, Ignacio Ybáñez reiterou o apoio e confiança da União Europeia à democracia brasileira e disse acreditar que as forças institucionais irão prevalecer

20/01/2023 13h56
Embaixador da União Europeia condena ataques em Brasília e presta solidariedade ao STF
Foto: Reprodução/ Twitter

Após a visita que fez à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, na última quarta-feira (18), o embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybáñez, prestou solidariedade à Corte por conta dos ataques às sedes dos Três Poderes, em 8 de janeiro, em Brasília.

Em suas redes sociais, Ybáñez reiterou o apoio e confiança da União Europeia à democracia brasileira e disse acreditar que as forças institucionais irão prevalecer. O embaixador classificou ainda os ataques como “atos chocantes de violência política”.

“O exercício dos direitos e liberdades democráticas deve ocorrer com respeito à Constituição e às instituições democraticamente eleitas. As diferenças políticas não podem justificar atos criminosos ou colocar em questão os resultados de eleições democráticas”, declarou Ignacio Ybáñez, na noite desta quinta-feira (19).

A declaração de Ybáñez coincide com a aprovação de uma resolução no Parlamento Europeu, na qual os deputados condenaram os ataques de Brasília e apontaram o “papel instrumental” do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL, sobretudo por suas declarações contestando o sistema eleitoral brasileiro.

Visita à Presidente do Supremo Tribunal Federal @STF_oficial Ministra Rosa Weber, para expressar a solidariedade da União Europeia depois dos atos chocantes de violência política e o ataque inaceitável contra a democracia que eles representam. pic.twitter.com/VSpLQCSplv

— Ignacio Ybáñez 🇪🇺 (@IgnacioYbanez) January 19, 2023

Por: Metro1

Comentários

Leia também

Política
Secretário Angelo Almeida expõe expectativas com o atual governo

Secretário Angelo Almeida expõe expectativas com o atual governo

Angelo pretende intensificar seus trabalhos para combater a desigualdade social, com destaque...
Política
Rodrigo Pacheco, do PSD, é reeleito e comandará Senado até 2025

Rodrigo Pacheco, do PSD, é reeleito e comandará Senado até 2025

Resultado foi definido em primeiro turno. Pacheco recebeu 49 votos contra 32 do seu adversário...
Política
Lúcio Vieira diz que Colbert foi convidado a se retirar do MDB

Lúcio Vieira diz que Colbert foi convidado a se retirar do MDB

"Ele foi convidado a se retirar", declara presidente de honra.