Bahia

Em assembleia, Petroleiros definem calendário de mobilizações contra gestão da Petrobras

Seguindo o indicativo da Federação Única dos Petroleiros (FUP), foi definido o calendário permanente de mobilização durante o processo de negociação, entre outros encaminhamentos

02/08/2022 11h35
Em assembleia, Petroleiros definem calendário de mobilizações contra gestão da Petrobras
Foto: Danillo Freitas

A categoria petroleira na Bahia realizou uma manifestação seguida de assembleia em Salvador nesta terça-feira (02). Seguindo o indicativo da Federação Única dos Petroleiros (FUP), foi definido o calendário permanente de mobilização durante o processo de negociação, entre outros encaminhamentos.

Além da rejeição a nova contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho apresentada pela Petrobrás, os trabalhadores afirmam que os gestores acumulam superbônus e os acionistas são beneficiados com dividendos recordes, às custas dos alto preços dos combustíveis e das privatizações.

De acordo com Jairo Batista, coordenador geral do Sindipetro-BA, a empresa mantém o desmonte das principais conquistas dos trabalhadores.

Foto: Danillo Freitas

“Esse ato faz parte de um calendário de mobilizações contra aos ataques que estão estão deferidos pela atual gestão da Petrobras, orientada pelo governo Bolsonaro. Como temos alguns direitos que vinculam os trabalhadores da ativa e os aposentados, como por exemplo, a ANS, que estão sendo mais ferozmente atacados com essa proposta, estamos aqui juntos para fazer uma manifestação de repúdio contra mais essa proposta da Petrobras, bem como também a privatização e a última notícia sobre o dividendo milionário que o conselho de administração da empresa concedeu aos acionistas em detrimento aos trabalhadores e principalmente ao povo brasileiro.” Afirma.

Antônio Barreiros, diretor do Sindipetro em Feira de Santana, afirmou que mais de 20 associados da cidade participam da manifestação contra a retirada dos direitos dos trabalhadores.

Foto: Danillo Freitas

“Nós viemos aqui protestar contra ao que a Petrobras quer fazer com os aposentados, tirando todos os nosso direitos, inclusive o plano de saúde. Depois de tantos anos esse governo quer tirar as nossas conquistas de muitos anos.” Disse.

*Com informações do repórter Danillo Freitas

Comentários

Leia também

Bahia
Ministério Público denuncia investigados por fraudes em licitações em Euclides da Cunha
Bahia
Site do governo da Bahia é suspenso após decisão judicial, a pedido de coligação de Neto

Site do governo da Bahia é suspenso após decisão judicial, a pedido de coligação de Neto

Deliberação do TRE pedia remoção de publicidades institucionais sob pena de multa diária...
Bahia
Hemoba faz alerta sobre estoque crítico de sangue e plaquetas

Hemoba faz alerta sobre estoque crítico de sangue e plaquetas

Os tipos sanguíneos que mais estão em falta são A-, B+, O- e O+