Bahia

Em 30 dias, mais de R$ 15 milhões em drogas são apreendidos na capita e interior

Além das apreensões de entorpecentes realizadas pelas polícias Militar e Civil, nesse período, também foram erradicados cerca de 410 mil pés de maconha, na região Norte

31/05/2022 12h25
Em 30 dias, mais de R$ 15 milhões em drogas são apreendidos na capita e interior
Foto: Divulgação SSP

Pouco mais de R$ 15 milhões em drogas (maconha e cocaína) foram apreendidos pelas polícias Civil e Militar, nos últimos 30 dias, em diferentes ações ocorridas em Salvador e interior do estado. Durante esse período, as forças de segurança também erradicaram pés de maconha, em diversos municípios da Bahia.

Entre as ocorrências que resultaram em grandes apreensões  estão os  R$  4,6 milhões em pasta base de cocaína encontrados, na última terça-feira (24), em um piso falso no bairro de Itacaranha, pela Rondesp BTS. A ação teve início com uma tentativa de abordagem a um homem que dirigia uma Spin, placa PLC-5A70, e entrou em uma residência para escapar do cerco.

Trinta quilos de entorpecentes avaliados em R$ 2 milhões apreendidos pela 66ª Companhia Independente da PM, que interceptou um ônibus, no último domingo (22), em Feira de Santana, foi mais uma ação que resultou em prejuízo para o crime organizado.

Já em Paulo Afonso, uma ação entre o 20º Batalhão da PM e a Polícia Rodoviária Federal resultou na apreensão 70kg de entorpecentes (pasta base de cocaína e maconha) avaliados em R$ 6,7 milhões. Os materiais ilícitos foram encontrados com um casal durante abordagem a um veículo modelo Jeep.

A descoberta de um laboratório para refino de cocaína e a apreensão de 50 quilos da droga, avaliados em R$1,5 milhão, deram continuidade às ações contra o  tráfico.  A ação, que ocorreu em uma casa localizada no bairro de Santa Cruz, em Salvador, foi fruto de ações investigativas da Polícia Civil. O flagrante foi feito pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e Coordenação de Operações Especiais, com apoio do Departamento de Polícia Metropolitana, por meio da 28ª Delegacia Territorial  do Nordeste de Amaralina.

Equipes da Coordenação de Narcóticos do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), com a utilização dos cães Sonic e Jade, da Coordenação de Operações Especiais (COE), evitaram que R$ 500 mil em drogas chegassem até criminosos de Salvador, cidades do interior e outros estados, como São Paulo, Minas Gerais e Ceará.

O flagrante aconteceu no Centro de Tratamento de Cartas e Encomenda, na BR-324, nas proximidades de Simões Filho, e as investigações apontaram que os entorpecentes fossem distribuídos na capital baiana e  outras  localidades.

Plantações de maconha

Nos últimos 30 dias, aproximadamente 414 mil pés de maconha foram destruídos por equipes da Polícia Militar nas cidades de Sento Sé, Curaçá e Casa Nova, na região Norte do estado. Nesses flagrantes, que ocorreram com ajuda de denúncias anônimas, uso de drones e patrulhamento de rotina, os policiais perceberam que as plantações possuíam sistema de irrigação vinculada ao Rio São Francisco, o que facilitava o cultivo

Maior parte dos pés de maconha já estava em tamanho para colheita. As equipes da PM reforçam as ações ostensivas e a Polícia Civil segue com as investigações para levantar os possíveis responsáveis pelos plantios.

Comentários

Leia também

Bahia
Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

Prefeitos de todo o país vão a Brasília em manifestação contra propostas do governo federal

CNM avalia impacto de R$ 250,6 bilhões se todas as pautas forem aprovadas
Bahia
TCU abre investigação sobre denúncia de assédios na Caixa Econômica Federal

TCU abre investigação sobre denúncia de assédios na Caixa Econômica Federal

Então presidente da instituição, Pedro Guimarães pediu exoneração do cargo após...