Política

Eleitores terão mais tempo para conferir voto na urna eletrônica

O primeiro turno das eleições gerais será realizado no dia 2 de outubro e um eventual segundo turno ocorre no dia 30 do mesmo mês. Serão escolhidos candidatos para cinco cargos.

09/09/2022 06h15
Eleitores terão mais tempo para conferir voto na urna eletrônica
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os eleitores terão um tempo extra para conferir o voto na urna eletrônica no pleito de outubro deste ano. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pela primeira vez, a urna eletrônica liberará a confirmação do voto (no botão verde “confirma”) após 1 segundo do preenchimento completo dos números dos candidatos para cada cargo.

“A cada uma das cinco confirmações de voto, a urna emitirá um som breve. Ao fim, depois da escolha do candidato a presidente, o aparelho emitirá o clássico som, mas por um período mais longo”, explicou, em comunicado, o tribunal. 

De acordo com apuração da Agência Brasil, o objetivo da medida é estimular a conferência do voto e impedir que o eleitor confirme sem querer.

O primeiro turno das eleições gerais será realizado no dia 2 de outubro e um eventual segundo turno ocorre no dia 30 do mesmo mês. Serão escolhidos candidatos para cinco cargos.

O primeiro voto a ser dado na urna é para deputado federal, com quatro dígitos. Em seguida, o eleitor deve escolher o candidato a deputado estadual, ou distrital, no caso dos eleitores do Distrito Federal, com cinco dígitos. Depois, deve votar para senador, com três dígitos, e, então, para governador, dois dígitos. O último voto será para presidente da República, também com dois dígitos.

*Bahia Notícias

Comentários

Leia também

Política
Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Lula deve deixar encontro com Biden para o início de 2023

Presidente eleito se reuniu com conselheiro dos EUA
Política
Paulo Guedes é sondado para integrar governo de Tarcísio em São Paulo

Paulo Guedes é sondado para integrar governo de Tarcísio em São Paulo

Não houve, no entanto, um convite formal, já que Guedes ainda não sinalizou se aceitaria...