Feira de Santana e Sua História

Historiador relata importância da agropecuária no desenvolvimento de Feira 

Comemorando 189 anos de história, Feira de Santana teve marcante desenvolvimento econômico.

18/09/2022 07h41
Historiador relata importância da agropecuária no desenvolvimento de Feira 

Comemorando 189 anos de história, Feira de Santana teve marcante desenvolvimento econômico. Nascida como Santana dos Olhos D’Água, os primeiros índices da  a cidade possuíam influência no setor pecuário, como explica o professor Rafael Dantas. 

“A história da cidade tem um índice direto com o desenvolvimento das atividades econômicas dos caminhos do sertão, aqui no estado da Bahia. A gente pode voltar lá na época da colônia, com transição para o império, onde de fato vamos ter o desenvolvimento das atividades ligadas especialmente a pecuária e alguns produtos agricolas”, disse Dantas, em entrevista ao De Olho na Cidade.

A partir disso é pontuado a relevância das feiras, que posteriormente dá origem ao nome da cidade, que recebiam viajantes de todos os cantos da região. Segundo o professor, esse era um entreposto comercial de grande importância.

“O desenvolvimento de Feira ao longo do tempo retoca especialmente nas questões ligadas inicialmente a pecuária, e potencialidade de alguns produtos agrícolas, e também desse ponto de encontro. Todo entreposto comercial, do ponto de vista econômico, também é um lugar de discussão de ideias, trânsito de informações e diversidade”, explica Rafael Dantas, que além de professor é mestre em história pela UFBA. 

Assim, o fluxo de viajantes de todo país que vinha até Feira colaborou com a diversidade cultural do município. Isso também revela uma característica forte na Princesa do Sertão: aqui há de tudo um pouco.

Até o início do século XX, Feira era citada como o lugar de relevância do ponto de vista pecuário. Até que em meados do século XX, após um processo de industrialização tardio da Bahia, surgem as primeiras indústrias do estado.

“Muito mais pode ser feito tanto no contexto de Feira, quanto nas redondezas, pois temos um espaço rico para atividades que podem ser geridas em conexão com outros lugares da Bahia, e do Nordeste também”.

O professor destaca que o território feirense é privilegiado e possui uma rede de estradas e rodovias que são o grande cerne que destacam Feira na economia regional e nacional. 

“Então se a gente pensar num projeto macro, colocando esses três pontos em destaque: a relevância central de Feira no contexto da Bahia, essa relevância da centralidade do deslocamento, e essas possíveis áreas de investimento no que toca a região, é sem dúvida um caminho de muito sucesso”.

Comentários

Leia também

Feira de Santana e Sua História
Religião teve papel importante na formação de Feira, diz historiador

Religião teve papel importante na formação de Feira, diz historiador

Comunidades religiosas contribuíram para formação do município
Feira de Santana e Sua História
Acefs marca 77 anos de atuação em defesa do comerciário

Acefs marca 77 anos de atuação em defesa do comerciário

Acefs cumpre papel importante na representatividade do comércio
Feira de Santana e Sua História
História do lazer: Saiba como o teatro e os esportes marcaram o entretenimento feirense

História do lazer: Saiba como o teatro e os esportes marcaram o entretenimento feirense

Teatro, artes circenses e esportes fizeram, e ainda fazem, parte do entrenimento feirense...