Bahia

Crianças de 1 e 5 anos morrem após incêndio em Vitória da Conquista

Uma bebê de 9 meses está em estado grave, outras 4 crianças foram resgatadas sem ferimentos

23/05/2022 07h37
Crianças de 1 e 5 anos morrem após incêndio em Vitória da Conquista
Foto: Reprodução Redes Sociais

Dois irmãos, um de 5 e outro de 1 ano, morreram após o apartamento onde elas moravam pegar fogo na madrugada deste domingo (22). O incêndio aconteceu por volta das 2h, em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. 

As vítimas foram identificadas como Matheus Cauan de Jesus Amaral, a criança de 1 ano, e Samuel de Jesus dos Santos, de 5 anos. Além deles, uma bebê de 9 anos, prima das vítimas, foi socorrida em estado grave. 
 
Segundo o portal G1, o apartamento fica no Condomínio Lagoa Azul/Campinhos. As chamas teriam se concentrado no quarto onde dormiam as três vítimas e outras quatro crianças, que foram resgatadas sem ferimentos. 

Um casal, identificado como pais de seis das sete crianças, dormiam em outro quarto do apartamento quando o incêndio começou. A bebê que está em estado grave é sobrinha deles.
 
Os primeiros socorros foram feitos por vizinhos da família. O Corpo de Bombeiros foi ao local e debelou as chamas, mas o fogo já tinha atingido cinco cômodos do apartamento. Ainda não há informações sobre o que causou o incêndio. 

*Metro 1

Comentários

Leia também

Bahia
Em cinco dias de atuação, bombeiros baianos já resgataram mais de 212 pessoas e 20 animais no RS

Em cinco dias de atuação, bombeiros baianos já resgataram mais de 212 pessoas e 20 animais no RS

Os militares da Bahia chegaram ao RS na última quinta-feira (2) à noite e começaram...
Bahia
Estado e cidades da Bahia declaram investimentos de mais de R$ 140 milhões para festas juninas

Estado e cidades da Bahia declaram investimentos de mais de R$ 140 milhões para festas juninas

O Governo do Estado da Bahia informou que investirá cerca de R$ 132 milhões nos festejos...
Bahia
Ipecaetá se torna primeira Cidade Educadora da Bahia

Ipecaetá se torna primeira Cidade Educadora da Bahia

A esperança é que outras cidades se inspirem e se juntem a essa revolução educacional...