Mundo

Cônsul de Israel nega haver genocídio contra palestinos em Gaza

Rafael Erdreich afirmou que informações divulgadas são distorcidas

02/11/2023 11h40
Cônsul de Israel nega haver genocídio contra palestinos em Gaza
Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

O cônsul-geral de Israel em São Paulo, Rafael Erdreich, negou, nesta quarta-feira (1ª), haver um genocídio contra o povo palestino. Para ele, as críticas feitas pelos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, do Brasil, Gustavo Petro, da Colômbia, e Gabriel Boric, do Chile, que condenaram as ações militares israelenses que estariam atingindo também civis palestinos, mostram que os presidentes desses países estão “mal informados” sobre o que, de fato, está ocorrendo na região.
“Qual a fonte que os presidentes da América Latina têm sobre essa informação? Eu mostrei aqui, claramente, que quem controla a informação que sai de Gaza [é o Hamas]”, disse ele. “Eles estão mal informados sobre o que está acontecendo”, completou, durante entrevista coletiva promovida pelo Consulado Geral de Israel, a Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) e a StandWithUs Brasil.

Nesta semana, o presidente Lula disse que a guerra no Oriente Médio é um genocídio. Ontem, o presidente do Chile, Gabriel Boric, escreveu em suas redes sociais que chamou de volta o embaixador de seu país em Israel “ante as inaceitáveis violações do Direito Internacional Humanitário que Israel cometeu na Faixa de Gaza”.O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, também anunciou a convocação da embaixadora colombiana em Israel, Margarita Manjarrez.

Na coletiva, o cientista político e presidente-executivo da StandWithUs Brasil, André Lajst, também ressaltou que não se pode falar em genocídio sendo praticado por Israel. “Genocídio significa tribo de morte ou a destruição total e parcial por motivos étnicos-religiosos. Israel tem dois milhões de árabes e parte desses árabes serve ao Exército. E parte deles estão lutando contra o Hamas. Se tem árabes/mulçumanos lutando contra árabes/mulçumanos não é genocídio”, falou.

*Bahia.ba

*Agência Brasil

Comentários

Leia também

Mundo
Ministro israelense diz que país “cobrará o preço” do Irã após ataques

Ministro israelense diz que país “cobrará o preço” do Irã após ataques

“Este evento não acabou”, advertiu o ministro do Gabinete de Guerra de Israel, Benny...
Mundo
Irã envia dezenas de drones e mísseis para atacar Israel

Irã envia dezenas de drones e mísseis para atacar Israel

Autoridades israelenses consideravam que ataque iraniano era iminente depois que o governo...
Mundo
Diretor de agência de viagens aponta impactos no turismo da região após seis meses do inicio da guerra entre Israel e Hamas

Diretor de agência de viagens aponta impactos no turismo da região após seis meses do inicio da guerra entre Israel e Hamas

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), com base em informações do Ministério...