Economia

Conselho da Petrobras rejeita pedido do governo para segurar preços dos combustíveis

A gasolina está há 97 dias sem sofrer reajuste, enquanto o diesel teve seu preço elevado pela última vez há 37 dias

17/06/2022 11h06
Conselho da Petrobras rejeita pedido do governo para segurar preços dos combustíveis
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O conselho de administração da Petrobras rejeitou na quinta-feira (16) um pedido do governo para frear os preços dos combustíveis. O colegiado se reuniu de forma extraordinária e entendeu que a decisão sobre os preços é atribuição da diretoria da estatal. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. 

A Petrobras vem sinalizando que deve anunciar um reajuste no preço do diesel em breve. A reunião, marcada pelo presidente do conselho, Marcio Weber, foi uma última tentativa do governo para tentar evitar o aumento.

A gasolina está há 97 dias sem sofrer reajuste, enquanto o diesel teve seu preço elevado pela última vez há 37 dias. A expectativa é que o aumento do diesel ultrapasse os 10%.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Economia
Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Desenrola Brasil tem prazo de adesão prorrogado por mais 60 dias

Nova prorrogação foi aprovada pelo Congresso
Economia
Prazo para renegociar dívidas do Desenrola Brasil termina nesta segunda-feira

Prazo para renegociar dívidas do Desenrola Brasil termina nesta segunda-feira

Etapa inclui dívidas vencidas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022
Economia
Taxa de desemprego fica em 7,9%; índice é o menor em 10 anos

Taxa de desemprego fica em 7,9%; índice é o menor em 10 anos

Desocupação trimestral recua em 21 estados e no Distrito Federal