Economia

Conselho da Petrobras rejeita pedido do governo para segurar preços dos combustíveis

A gasolina está há 97 dias sem sofrer reajuste, enquanto o diesel teve seu preço elevado pela última vez há 37 dias

17/06/2022 11h06
Conselho da Petrobras rejeita pedido do governo para segurar preços dos combustíveis
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O conselho de administração da Petrobras rejeitou na quinta-feira (16) um pedido do governo para frear os preços dos combustíveis. O colegiado se reuniu de forma extraordinária e entendeu que a decisão sobre os preços é atribuição da diretoria da estatal. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. 

A Petrobras vem sinalizando que deve anunciar um reajuste no preço do diesel em breve. A reunião, marcada pelo presidente do conselho, Marcio Weber, foi uma última tentativa do governo para tentar evitar o aumento.

A gasolina está há 97 dias sem sofrer reajuste, enquanto o diesel teve seu preço elevado pela última vez há 37 dias. A expectativa é que o aumento do diesel ultrapasse os 10%.

*Metro 1

Comentários

Leia também

Economia
Consumidor de energia pagará conta de R$ 500 bilhões nos próximos anos

Consumidor de energia pagará conta de R$ 500 bilhões nos próximos anos

Grupo da transição atribui impacto a ações do atual governo no setor
Economia
INSS divulga calendário de pagamentos para aposentados e pensionistas em 2023; confira

INSS divulga calendário de pagamentos para aposentados e pensionistas em 2023; confira

Valores pagos a partir de 25 de janeiro já trarão o reajuste do valor do salário mínimo ...
Economia
Petrobras anuncia redução no preço do gás de cozinha a partir desta quinta-feira

Petrobras anuncia redução no preço do gás de cozinha a partir desta quinta-feira

De acordo com a Petrobras, a redução acompanha a evolução dos preços de referência...