Feira de Santana

Comitê de Crise estabelece decreto de situação de emergência por conta das chuvas

O decreto visa facilitar o acesso do Governo Municipal a recursos estaduais e federais em atendimento a população afetada. 

21/02/2024 06h08
Comitê de Crise estabelece decreto de situação de emergência por conta das chuvas
Foto: Izinaldo Barreto

O Comitê de Crise da Prefeitura de Feira de Santana esteve reunido na tarde de terça-feira (20) após a incidência de fortes chuvas na cidade. Foi registrado um volume de 65mm em cerca de quatro horas – sendo que em apenas 60 minutos a precipatação alcançou 42mm. O resultado foi pontos de alagamentos em diversos locais da cidade, tanto em bairros como no centro. O encontro aconteceu no gabinete do prefeito, no Paço Municipal Maria Quitéria.

A reunião foi convocada pelo prefeito Colbert Martins Filho e contou com a participação de membros da equipe de governo. Foi definido que um decreto de emergência será publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município visando facilitar o acesso do Governo Municipal a recursos estaduais e federais em atendimento a população afetada. 

O coordenador do Comitê de Crise, o secretário de Desenvolvimento Social, Denilton Brito, observa que além das medidas emergenciais, estão sendo pensadas soluções a médio e longo prazo. “Estamos implementando ações sociais para amparar as pessoas afetadas pelas chuvas, oferecendo não apenas alimento, mas também abrigo, a fim de evitar que fiquem desamparadas.Além disso, estamos comprometidos em desenvolver um planejamento robusto de soluções, voltado não apenas para o imediatismo da crise, mas também para enfrentar desafios de médio e longo prazo relacionados a eventos climáticos externos”, pontuou.

O superintendente de Operações e Manutenção, João Vianey, informou que desde o início da tarde as equipes foram mobilizadas para implementar medidas emergenciais nos principais pontos de alagamento da cidade. “Vamos intensificar as intervenções, começando pela limpeza dos córregos e das lagoas, visando melhorar o escoamento. Temos casos como o do bairro irmã Dulce e uma parte do Jomafa, onde as condições de alagamento foram incomuns devido ao volume de chuva. Uma das causas é a obstrução parcial da lagoa, afetando o canal de escoamento. Reforçaremos as ações nesse ponto para promover um escoamento eficiente, reduzindo as cotas de elevação e o tempo necessário para drenagem”.

Vianey revelou ainda que o acúmulo de lixo descartado indevidamente agravou a situação em alguns locais. “Ocorreu uma situação clássica de obstrução de grelhas devido ao lixo, resultando em uma lâmina d’água superior a 50 cm no túnel da João Durval. Isso aconteceu apesar da drenagem funcionar adequadamente, porém, o lixo bloqueou a passagem de água pela grelha, causando interrupção do fluxo no local. As equipes do SMT precisaram interromper o tráfego no túnel, e apenas após a intervenção das equipes da SOMA, que removeram o lixo, conseguimos restabelecer o escoamento e normalizar o tráfego”, revelou. 

“Portanto, o problema do lixo não se restringe apenas à microdrenagem, que é comum, mas também afeta as macrodrenagens, onde há ocupações irregulares e descarte inadequado de lixo volumoso, como sofás, colchões e eletrodomésticos que são jogados na rede após serem descartados. Isso compromete o fluxo de água, agravando ainda mais a situação durante períodos de chuvas concentradas, o que infelizmente tem sido recorrente no município. Essa situação agrava-se para toda a população”, completou Vianey. 

O Comitê de Crise continua monitorando a situação em toda a cidade. A população pode acionar serviços da Prefeitura, bem como a Defesa Civil Municipal, através do Aplicativo Fala Feira 156 ou de contato telefônico pelo número 156.  

*Com informações Secom/PMFS

Comentários

Leia também

Feira de Santana
SSP realiza Caravana Itinerante Biopsicossocial em parceria com a Unex em Feira de Santana

SSP realiza Caravana Itinerante Biopsicossocial em parceria com a Unex em Feira de Santana

Evento será realizado durante todo o dia com a participação de diversas ações das...
Feira de Santana
Hospital Clériston Andrade recebe Hemóvel para doações de sangue

Hospital Clériston Andrade recebe Hemóvel para doações de sangue

A Unidade Hemóvel tem uma capacidade estimada de realizar cerca de 120 coletas por dia,...
Feira de Santana
Lançamento de pedra fundamental marca início das obras da escola do Senar em Feira de Santana

Lançamento de pedra fundamental marca início das obras da escola do Senar em Feira de Santana

Unidade idealizada pela CNA e pelo Senar promete ser referência em ensinos técnico e...